Governo autoriza obras do Anel Leste e Norte de Montes Claros

Romeu Zema confirmou a transferência da obra para a ECO135

Márcia Vieira e Leonardo Queiroz
O NORTE
17/09/2021 às 00:47.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:53
 (Gil leonardi/imprensa mg)

(Gil leonardi/imprensa mg)

Uma obra aguardada há anos pelos montes-clarenses começa a sair do papel em março do ano que vem. A construção do Anel Rodoviário Leste e do Anel Rodoviário Norte de Montes Claros está a cargo da ECO 135, concessionária responsável pela BR-135.

A autorização para a inclusão dessas vias no contrato de concessão foi assinada nesta quinta-feira (16) pelo governador Romeu Zema, em visita a Montes Claros.

Serão investidos R$ 150 milhões em obras nos dois contornos, sendo R$ 100 milhões para o Anel Norte e R$ 50 milhões para o Leste, atendendo a uma antiga demanda da população.

O principal objetivo do projeto é a implemen-tação de um contorno rodoviário que vai retirar o trânsito de veículos pesados na área urbana do município, além de melhorar o acesso ao novo distrito industrial da cidade. A medida deverá gerar cerca de 2,8 mil empregos diretos e indiretos.

“Quem está ganhando com isso é Minas Gerais. O Norte de Minas passa a ter uma infraestrutura muito melhor, mais segurança e o trânsito indo pelo anel viário, preserva as vias urbanas. A cidade vai ficar com manutenção menos onerosa, mais segura, devido a menos trânsito em áreas residenciais. E é isso que o nosso governo quer, que o recurso público seja canalizado para a população”, afirmou o governador.

Zema ressaltou que “não existe pai desta obra. Ela é resultado de um esforço conjunto”.

O investimento total é de R$ 204 milhões e, de acordo com o governador, a participação da iniciativa privada é fundamental para dar andamento aos projetos necessários para recolocar Minas nos trilhos.

“Um Estado que não tem recursos e grande dificuldades financeiras não tem condição de levar adiante empreendimento deste porte, de mais de R$ 200 milhões investidos. Encontramos essa alternativa e todos contribuíram”, explicou o governador.
 
PEDÁGIO
Questionado sobre o reflexo da obra no bolso do cidadão, com possível aumento da tarifa de pedágio, o secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato, assegurou que isso não irá ocorrer.

“A Eco-135, para ganhar a licitação, tem que pagar uma outorga ao Estado mensalmente. Ao invés de pagar ao Estado, ela vai fazer a obra. É um dinheiro que está na concessão e estamos reinvestindo na região”, informou.

Obras em 2022 e 2024
Os trechos do Contorno Leste tiveram projeto funcional entregue em fevereiro de 2021 e agora estão em fase de conclusão do projeto executivo de engenharia, com previsão para novembro de 2021. As obras devem ser iniciadas em março de 2022.

Já o Contorno Norte teve projeto de engenharia elaborado em 2010 pelo Departamento de Estradas de Rodagem de Minas (DER/MG), já disponibilizado à ECO 135. A ordem de início para as obras está prevista para maio de 2024.

A partir de hoje, a concessionária inicia as providências para dar início às obras e a manutenção até o final do contrato de concessão.
 
TRECHOS
As obras serão divididas em trechos. O Anel Viário Leste, que liga a BR-135 à BR-251, com 12,1 km de extensão, sendo 2,2km de rodovia a serem construídas e 9,9km de rodovia em um trecho já existente, passível de melhoramento. A “Estrada da Produção” está incorporada a este trecho.

Já o Anel Viário Norte possui extensão estimada de 10km de construção, ligando a BR-251 à BR-135 sentido Norte, que vai para a Bahia.

“Essas providências são a elaboração de projetos, liberações ambientais, dentre outros processos administrativos necessários. É uma obra que dará mais fluidez ao trânsito pois, além de reduzir o tráfego de veículos dentro do município, contribuirá na redução de acidentes e no desenvolvimento da região”, disse Marcelo Bevilaqua, diretor superintendente da ECO135.

Recurso para educação
Ainda em Montes Claros, o governador Romeu Zema anunciou liberação de R$ 800 milhões para a compra de mobiliário e equipamentos para todas as escolas da rede estadual mineira.

Zema visitou a Escola Estadual Dr. Carlos Albuquerque, no bairro Maracanã, que vai receber R$ 196 mil desse recurso. A escola também recebe a 4ª etapa do programa “Mãos à Obra na Escola”, com reforma orçada em R$ 596 mil.

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por