Alexsandro Mesquita


Correspondente


 


GLAUCILÂNDIA - A primeira festa popular de Glaucilândia foi sucesso em termos de público, estrutura e principalmente uma carga enorme de cultura popular, que encheu os olhos de quem participou e prestigiou a festa e, acima de tudo, coloca esta cidade no cenário nacional como umas das poucas que apóiam a cultura popular. No sábado, Caju e Castanha se apresentaram para um público de aproximadamente oito mil pessoas.


 


Ainda no sábado, durante a tarde, 15 motoqueiros, Lobos do cerrado, que prestigiavam a festa foram convidados a tocar em cima do palanque. Eles estavam num bar quando isso aconteceu. A sanfoneira Marize Oliveira, irmã de Tino Gomes, deu um show à parte.


 


null


Vereador Rafael Cardoso, secretária da Educação Teresinha Mesquita, secretário de Saúde Antônio Sobrinho, deputado Virgílio Guimarães e prefeito Marcelo Brant na festa de Glaucilândia


 


VIRGÍLIO PRESENTE


 


No domingo, durante as apresentações, Glaucilândia recebeu uma visita inesperada e de muita importância no meio político. O deputado federal Virgílio Guimarães - PT chegou e fez um passeio pelas ruas da cidade.O deputado falou a O Norte:


 


- Olha, Glaucilândia é um exemplo de como ter uma administração jovem, ter uma cidade que se moderniza, se desenvolve, de olhar posto no futuro, mas que respeita o passado. Nada mais moderno do que uma administração e toda a comunidade respeitar o passado. Essa história de destruir o patrimônio histórico, cultural, urbanístico é coisa do passado. A preservação, o desenvolvimento, o respeito, isso é moderno, porque aquilo que os antigos construíram é um legado que nós temos que dar um passo à frente. Glaucilândia vai se projetar muito com isso. Vai ser uma referência. Eu tenho certeza de que todos sentirão orgulho de ser cidadãos de Glaucilândia - diz.


 


Segundo ainda o deputado, é uma festa que começa bem, adequada para esse início, mas tem certeza de que o futuro vai reservar ainda um avanço.


 


- A estrutura aqui mostrou a força que tem essa festa. É uma bela estrutura, quem veio gostou e recomenda, isso faz acreditar que se hoje essa estrutura é boa, no futuro será bem melhor. Sem dúvida nenhuma voltarei outras vezes. Isso aqui é uma marca de um belo exemplo para outras comunidades – conclui.


 




JACKSON ANTUNES


 


A presença mais aguardada, do ator e cantador Jackson Antunes, foi um exemplo de atenção e simplicidade para com as pessoas. Ele também falou com a reportagem sobre a festa e a iniciativa do prefeito Marcelo Brant em propagar a cultura popular.


 


- Só de colocar à frente dessa manifestação popular, essa homenagem à cultura popular, a figura do Téo Azevedo, já mostra a seriedade e a honestidade com que o prefeito está abraçando essa causa tão honesta da cultura popular. Eu acho que é um exemplo que deve carinhosamente ser seguido por outras comunidades, outros municípios, porque só vai engrandecer. Quer dizer , ao ter o contato com a cultura popular, seja ela a poesia, a literatura, as danças folclóricas, isso vai beneficiar quem está se aproximando dessa arte tão pura, tão sagrada - comenta Jackson.


 


O ator global ainda fala da importância da cultura popular na sua vida e para a comunidade glaucilandense, além da auto estima.


 


- Eu acho que, com isso, a gente tem que resgatar a auto estima e começa por umas pequenas questões, a gente começa a chegar em Montes Claros, a estima começa a baixar por causa dos buracos nas estradas. A partir do momento que olhar para aquela rodovia e ver bem, e isso parte desde o presidente até o governador, a auto estima melhora.


 


Durante os três dias de festa, Glaucilândia conheceu e se enriqueceu com a cultura de várias outras cidades e estados do Brasil, como Pernambuco e São Paulo. Mais de 18 mil pessoas estiveram prestigiando a festa durante os três dias.