JANAÚBA - Benjamim Oliveira Júnior – Nem mesmo as férias escolares deste mês afastaram os alunos da biblioteca pública municipal Lilian Cavalcanti, nesta cidade. Diariamente, dezenas de estudantes e trabalhadores aproveitam o momento de folga para uma sessão de leitura e pesquisa. Alguns atualizam o conhecimento, outros se preparam para os vestibulares e concursos públicos.



Situada no Espaço cultural Central do Brasil, próximo à estação ferroviária, a biblioteca de Janaúba possui um acervo de 14 mil volumes, porém, necessita de livros, principalmente do ensino médio e superior. A coordenadora da biblioteca pública, Jilvânia Cordeiro, ressalta que, esporadicamente, recebe doações de livros, contudo, não atende a demanda.






Diariamente, mais de 100 pessoas, principalmente crianças, buscam o conhecimento



Mesmo com essa carência de livros, a biblioteca é um dos locais que mais recebem pessoas durante o dia e à noite, de segunda a sexta-feira.



- Às vezes é preciso marcar horário de visita e pesquisa - diz a coordenadora ao se referir à intensidade de trabalhos extraclasse que os professores adotam. Até a ala externa, arborizada e iluminada, fica lotada durante o semestre letivo. A biblioteca pública funciona das 7h às 21h30.



Conforme levantamentos, em média 106 pessoas freqüentam a biblioteca pública municipal diariamente. O mês de março foi o de maior movimento, com 3.616 visitantes, média de quase 200 pessoas por dia. Em agosto do ano passado, mais de 4 mil pessoas passaram pela biblioteca. No primeiro semestre deste ano, 14.813 estudantes estiveram na biblioteca, e desses, 4.399 requisitaram livros emprestados.



Mantida pela secretaria municipal de Educação e Cultura, a biblioteca registrou, nos doze meses do ano passado, 32 mil visitantes, sendo que 33% optaram pelo empréstimo de livros. Pelo menos 6.482 janaubenses possuem a carteira de sócio da biblioteca.



Foto: Oliveira Junior