Paulo Brandão


Correspondente



BOCAIÚVA - Policiais do sub-destacamento da polícia militar do distrito de Engenheiro Dolabela foram acionados terça-feira, 23, por alguns comerciantes daquela localidade. De acordo com Jailson Pereira de Souza, Claudinei Conceição Costa, Sebastião Ribeiro e Amador Ameleti, o lavrador Paulo Rogério Monteiro de Souza compareceu nos respectivos estabelecimentos comerciais e efetuou algumas compras. A todos os comerciantes Paulo emitiu cédulas de R$ 10. Mas, para tristeza deles, todas eram falsas. O lavrador efetuou compras no valor de R$ 100.



Populares informaram aos policiais que Paulo Rogério estava acompanhado de Antônio Geraldo dos Santos e que eles estavam num veículo Ford Pampa, placa GMV 2051, de Bocaiúva. Os policiais se deslocaram à casa de Paulo e lá o encontraram. Indagado sobre as compras efetuadas no comércio daquela localidade, ele confirmou, mas teve que explicar ao delegado de Bocaiúva a origem daquele dinheiro.



Paulo foi preso e levado à delegacia de polícia, onde prestou depoimento ao delegado Adalberto Fernandes Ferreira. Ele contou que recebera os R$ 100 de um pagamento feito pelo seu patrão, Antônio Geraldo. Paulo continua preso, aguardando decisão judicial.