A preparadora norte-americana Hennessey é famosa por seus projetos de alta performance. A marca ficou conhecida por injetar esteroides em modelos como Dodge Viper, Chevrolet Camaro e até mesmo no Ford GT. Agora, a empresa texana apresenta o Mammoth 1000. Trata-se de uma versão ainda mais estúpida da RAM 1500 TRX.

Para quem não conhece, ela é o Dodge Challenger Hellcat das picapes. Foi lançada no ano passado com o mesmo motor 6.2 de 711 cv e 89 mkgf do cupê.

Mas para os caras da Hennessey essa picape indomável pode ir além. Então, eles projetaram o Mammoth 1000, que terá tiragem de 200 unidades.

Basicamente, a preparadora trocou o compressor mecânico original por uma nova unidade de maior fluxo de ar de 2.65 litros. Também foram substituídos os cabeçotes e o sistema de escapamento. Tudo isso resultou num ganho de 313 cv, elevando a potência da picape para absurdos 1.025 cv.

O torque também cresceu e chega a 133 mkgf. Para se ter uma ideia, é o torque 10 motores 1.2 da geração passada do Peugeot 208.

Na prática, a picape acelera de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos. É quase o mesmo tempo que o BMW M5 CS, que acabou de ser apresentado, leva para chegar à mesma velocidade. Já o quarto de milha é cumprido em 11,4 segundos a 192 km/h.
 
SUSPENSÃO
A TRX por si só já tinha um kit de suspensão elevada para que a picape desse conta de encarar terrenos acidentados. Na Mammoth, a suspensão foi alongada em quase 6,5 cm, para que o paquiderme passe por cima de tudo.

O aumento da suspensão é necessária para a picape receber as imensas rodas aro 20 e gigantescos pneus de 35 polegadas. 

Completa o visual o novo para-choque, com quebra-mato integrado. A peça também conta com ângulo de ataque ampliado, para permitir que a picape transponha obstáculos elevados.

Gostou desse elefantão? Então prepara o cheque, pois ele custa nada menos que US$ 135 mil (R$ 734 mil). Por aqui, via importação direta, poderia chegar por volta dos R$ 2 milhões. Mas corre, pois são apenas 200 unidades.