A Polícia Civil encontrou em Corinto o homem suspeito de atear fogo em um morador de rua que dormia na rua Grão Mogol. O crime aconteceu em junho, quando André José dos Santos teve queimaduras de segundo e terceiro graus, da cintura para baixo. O suposto autor do crime está preso por furto. 

A Polícia Civil ainda não colheu o depoimento do suspeito, Cosme Gilmar Barbosa Santo, conhecido como Cosminho, que também é morador de rua e responderá pelo crime de tentativa de homicídio. Segundo o delegado responsável pelo caso, Carlos Alexandre Gomes, as investigações começaram logo após o crime, a partir de imagens de câmeras de segurança e de depoimento de pessoas que passavam pelo local.

“A vítima não tinha muitas informações, pois, estava dormindo. Sabemos que não foi um crime de ódio. Teremos mais detalhes quando nossa equipe estiver em Corinto”. 

Cosminho foi encontrado pela Polícia Civil de Montes Claros ao dar entrada no sistema prisional de Corinto, cidade onde tentou se esconder da polícia e acabou preso por furto praticado na região Central de Minas.