A BMW não brincou quando disse que lançaria 25 produtos em 2020 para celebrar as bodas de prata no país. Depois do X3 híbrido, que estreou há cerca de duas semanas, chegou a vez de a marca iniciar as vendas do Série 2 Gran Coupe, que estreia em duas versões para brigar com Audi A3 Sedan e Mercedes CLA.

Como o nome já indica, o modelo é um cupê quatro portas que segue a linhagem do pioneiro Série 6 Grand Coupe e de modelos como Série 4 e Série 8, que também têm esse tipo de derivação. Fabricada na planta alemã de Liepzig, a BMW utiliza no veículo arquitetura do novo Série 1, que passa a contar com motor transversal e tração dianteira.

Para o Brasil, a BMW manterá a mesma estratégia adotada com o hatch e venderá o Gran Coupe nas versões 218i GP e M235i xDrive. O primeiro chega já em março, ao preço sugerido de R$ 186.950, enquanto o segundo está programado para estrear apenas em maio.
 
218I 
A versão “mais simples” é equipada com motor de 1.5 litro, três cilindros, 140 cv e 22 mkgf de torque, combinado a uma transmissão automática de sete velocidades e dupla embreagem. Apesar de a potência não arrancar suspiros, a BMW garante que o modelo acelera a até 213 km/h e vai de 0 a 100 km/h em apenas 8,7 segundos.

O Série 2 Gran Coupe conta com refinamentos como o sistema Live Cockpit Professional, combinação do quadro de instrumentos digital com a tela do multimídia, assim como Head-Up Display, que projeta informações no para-brisa, e abertura automática do porta-malas, por aproximação.
  
M235I
A cereja do bolo é o endiabrado M 235i xDrive. Oferecida por R$ 279.950, a versão é equipada com bloco 2.0 turbo de 306cv e 45 mkgf de torque. Toda a força está disponível a rasos 1.750 rpm e se mantém a até 4.500 giros. A transmissão é automática de oito velocidades e a tração é integral. Traduzindo: 0 a 100 km/h em 4,9 segundos.


 

TINHOSO – Com 306 cv, o M235i xDrive é a opção mais potente do modelo e acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos