Atlético e Cruzeiro, que ocupam a quarta e quinta posições do Módulo I, respectivamente, serão coadjuvantes na disputa da sétima rodada do Campeonato Mineiro, pois entram em campo sem participar da briga pela liderança, que neste momento está restrita a Tombense, América e Caldense.

E a decisão de quem vai ocupar a ponta do Estadual por pelo menos uma semana já pode acontecer neste sábado, quando será disputado o jogo mais importante da rodada.
Isso porque o líder Tombense encara o segundo colocado América, às 16h, no Independência.

Os dois clubes têm 14 pontos, mas a equipe de Tombos, pelo saldo de gols (9 a 7) ocupa a primeira colocação.

Quem vencer o duelo do Horto será líder do Estadual pelo menos até o próximo sábado, 7 de março, quando começa a ser disputada a oitava rodada.

Em caso de empate na tarde deste sábado, o Tombense segue à frente do América, mas pode cair para a segunda posição na manhã deste domingo. 

E isso acontece caso a Caldense, que é terceira colocada com 13 pontos, vença o Patrocinense, a partir das 10h30, no Estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas.

COADJUVANTES
Atlético e Cruzeiro têm como objetivo maior nesta sétima rodada a briga pelo G-4 mesmo. Os dois jogam neste domingo.

A Raposa entra em campo primeiro, recebendo o Uberlândia, às 16h, no Mineirão.

Ganhando, pode ser até vice-líder, o que é improvável, pois precisaria de um vencedor no jogo América x Tombense, de pelo menos um empate da Caldense e de superar o saldo de gols com quem empatasse em pontos, o que é difícil, pois neste critério é o pior entre os cinco primeiros.

O Galo tem a mesma possibilidade, mas com a vantagem de ter um saldo de gols superior ao do rival. O Atlético entra em campo também neste domingo, mas às 19h, encarando o Boa Esporte, no Estádio Dilzon Melo, em Varginha.

A sétima rodada tem ainda o vice-lanterna Coimbra recebendo o lanterna Tupynambás neste domingo, às 17h, no Independência, e URT x Villa Nova, às 16h, no Zama Maciel, em Patos de Minas.

O vencedor do confronto entre América e Tombense praticamente garante classificação ás semifinais do Módulo I do Campeonato Mineiro, pois chega aos 17 pontos e com 19, segundo cálculos da UFMG, as chances de classificação são de 81,2%