Arquibancada cheia, calor da torcida no ginásio e no campo. Já imaginou ter tudo isso de novo na maior cidade norte-mineira? Foi pensando nisso que o diretor do Montes Claros Vôlei e Montes Claros Esporte Clube reuniu a imprensa para anunciar a volta destes projetos esportivos na cidade.

Duas modalidades diferentes, com propósitos similares: trazer lazer e interação para a população. Andrey Souza também é presidente da Associação de Clubes de Vôlei do Brasil (ACV) e demonstrou-se esperançoso. Aguarda ainda sinalização do município para que confirme de vez o retorno das equipes. Acrescentou que hoje o time de vôlei, por exemplo, está com 99% de chances de voltar a Montes Claros na temporada 2019/20. Já possui recursos captados, da ordem de mais de R$ 800 mil em conta.

“A gente está trabalhando a rescisão do contrato com o Corinthians. Estamos trabalhando para que tenhamos a equipe novamente em Montes Claros. Tem alguns detalhes que necessitamos de apoio. Já colocamos o item específico para confirmarmos esta vaga”, explica.

No ano passado, foi feita uma parceria com o Corinthians. O time paulista não conseguiu bons resultados na Superliga. Com o contrato vencendo em maio, a opção foi não renovar. “Foram feitas diversas reuniões com os clubes da capital e podem surgir novas oportunidades. Foi oficializada a parceira com o Sada. Caso a equipe venha a Montes Claros, serão fornecidos alguns jogadores”, disse.

APOIO MUNICIPAL
Para que tudo ocorra como o planejado, foi proposto à Prefeitura de Montes Claros um valor inferior ao solicitado na última vez – cerca de R$ 700 mil. Agora, tenta viabilizar 30% do valor para suprir o aporte de retorno orçado em R$ 2 milhões.

O gestor busca também do município equipamento esportivo. Neste caso, o ginásio e apoio para a logística: arcar com despesas de transporte, alimentação e hotel nas viagens. Custo de aproximadamente R$ 250 mil. A prefeitura foi procurada, mas não deu retorno.

Como preparações acontecerão amistosos nacionais e internacionais. Depois, vêm os compromissos do Mineiro em setembro e na Superliga em outubro. O time conseguiu subir ao pódio e encerrou o ano com medalha de bronze no Sul-Americano de voleibol.
 
E COM A BOLA NOS PÉS?
Saímos da bola nas mãos e passamos para a rechonchuda nos pés. No futebol, a participação no Campeonato Mineiro – sub-23 – é confirmada pelo Andrey, que relatou conversas com alguns técnicos. A expectativa é dar alegria aos montes-clarenses e encher o campo novamente.

Para montar o grupo, será realizada peneirada com tempo maior já em maio. Em 2018, foi apenas uma semana para montar a equipe para disputa do Estadual na Segundona. A possibilidade é de se estender por outras partes do Norte de Minas.

Atlético e América se colocaram à disposição para ceder atletas que não serão aproveitados ou que não farão parte do elenco em competições nesta temporada.