Mesmo sem chances de classificação, o Funorte não terá vida fácil nas últimas partidas do Campeonato Mineiro de base. O primeiro desafio acontece neste domingo, a partir das 14h – começando com os mais velhos –, quando as equipes sub-15 e sub-17 enfrentam o Atlético, no Estádio José Maria Melo. 

O treinador da equipe, Junio Borges, comentou sobre a dificuldade, mas disse que está confiante em pontuar, pois o time cresceu na competição. 

“Sabemos que é difícil jogar contra os grandes. Equipes com um grau de competitividade alto e que criam muita dificuldade. Mas pelo que fizemos, principalmente nos jogos fora e pela evolução nas últimas partidas, temos tudo para conseguir fazer uma boa partida”, disse. 

O formigão vem de vitória sobre o lanterna da competição, o Uberabinha, de Juiz de Fora. O Sub-15 venceu por 4 a 2 e o Sub-17 por 1 a 0.

O Galo é terceiro colocado no sub-15 e líder da competição no sub-17, enquanto o Funorte está em oitavo lugar em ambas categorias. 

Na sequência para finalizar a competição, após o jogo contra o Atlético, o Formigão enfrenta o Frigoarnaldo, também em casa, e o Cruzeiro em Belo Horizonte. 

OPORTUNIDADE 
Cada jogo contra os grandes da capital é uma oportunidade a mais para os garotos mostrarem seu talento. Nesta temporada o Funorte já cedeu, por exemplo, jogadores para o próprio Atlético, América, Mirassol e Red Bull. 

Camisa 10, clássico meio de campo, Jefferson Kaique, de 14 anos, é de Monte Azul e está há seis meses em Montes Claros com o objetivo de realizar o sonho de se tornar jogador de futebol.

“A oportunidade é boa. Se a gente joga bem e se tiver sorte, temos a chance de fazer, pelo menos, uma avaliação”, disse esperançoso. 

A situação de João Vitor não é tão diferente. Com 15 anos e há dois no Funorte, ele conta que a cada jogo é uma porta se abrindo.

“Disputar o campeonato mineiro, tão pegado, com três times grandes, é ótima chance. Seguimos batalhando. E sabemos que temos que dar a vida”, afirma. 

Para ver os meninos no Estádio José Maria Melo, os ingressos custam R$ 5 e são vendidos na portaria.