O futebol feminino das Gerais encerrará sua temporada em alto estilo, com um clássico entre Atlético e Cruzeiro, no coliseu do esporte mineiro. Neste sábado (19), às 11h, o Mineirão será o palco do confronto envolvendo as Vingadoras e as Cabulosas, a ser transmitido para todo o Brasil pela TV Cultura (Rede Minas para o Estado) e pelo site Futebol Mineiro.TV.

São, no mínimo, dois fatos históricos para uma final tão especial: será a primeira vez que a final do campeonato feminino local fará parte da programação da TV aberta e o último dérbi entre os dois maiores rivais de Minas nesta década.
 
VINGADORAS
O Galo terminou a primeira fase como líder, com 14 pontos, quatro a mais que o Cruzeiro. Embora não haja favoritismo numa final como esta, as jogadoras alvinegras esbanjam confiança para o confronto decisivo e esperam fazer valer a melhor campanha na competição. 

“A expectativa é a melhor possível. A gente vem treinando bem. Pegamos (os tapes de) duas partidas para ver o estilo de jogo delas e nos prepararmos bem. Estamos confiantes para a final”, ressaltou a meio-campista Flávia Pissaia.

A goleira Amanda Souza compartilha da mesma opinião. “Estamos evoluindo desde o primeiro jogo, e nosso grupo está muito unido. Acredito que vamos chegar muito fortes à final”, destacou.

CABULOSAS
Do lado celeste, a euforia também é grande. Atuais campeãs estaduais, as Cabulosas entram em campo tentando manter uma escrita: nunca perderam para as Vingadoras no futebol feminino profissional. Em 2019, o Cruzeiro venceu por 2 a 0, e em 2020, houve dois empates em 0 a 0.

“A expectativa de jogar essa final do Mineirão é muito grande, ainda mais por ser contra um time em que existe muita rivalidade. Se Deus quiser vamos conquistar este título, esse bicampeonato, e dar esse presente para nossa torcida”, afirmou a atacante Mariana Santos.