O América não conseguiu vencer, mas conquistou um ponto importante diante do Sada Cruzeiro pela Superliga de Vôlei. O time norte-mineiro deu trabalho ao clube da capital, mas foi superado por 3 sets a 2 no ginásio Poliesportivo Tancredo Neves, em Montes Claros.

O Coelho precisava vencer para somar pontos na tabela de classificação. Mas, do outro lado, estava o líder da competição. No final, o América Vôlei teve grande atuação, mas acabou derrotado no tie-break pelo Sada/Cruzeiro, por 3 sets a 2, com parciais de 25/22, 21/25, 18/25, 25/22 e 9/15.
 
MAIOR PONTUADOR
O oposto Luan, jogador da Raposa, foi eleito o melhor em quadra e levou o troféu Viva Vôlei. O ponteiro Pablo, do América, foi o maior pontuador da partida com 19 pontos (17 de ataque e 2 de bloqueio).

Com o resultado, o América chegou aos 7 pontos na tabela da Superliga e ocupa a 11ª posição. O Coelho está atrás do Pacaembu Ribeirão Preto/SP, que soma 11 pontos. 

Após a partida, o técnico do América Vôlei, Henrique Furtado, saiu satisfeito com a excelente atuação da equipe.

“A avaliação é boa. Foi uma partida bem jogada e fiquei feliz pela dedicação dos atletas. Jogamos como um time e fomos agressivos. Estamos aprendendo muito durante a Superliga, enfrentando as dificuldades de frente. Vamos ser sempre aguerridos e vamos buscar a vitória sempre. É o espírito desse time”, avalia.

A mesma avaliação positiva também fez o central Renan Moralez. “Jogamos bem. Foi uma partida bem disputada e bonita. A nossa torcida compareceu e nos apoiou. A vitória não veio, mas a forma como jogamos nos deixa orgulhosos, pois do outro lado estava o líder da competição. Agora é nos prepararmos para o próximo desafio contra o Maringá”, disse.

O próximo compromisso do Coelho será no dia 30 de janeiro, diante do Denk Academy Maringá Vôlei-PR, também em Montes Claros.