Educação

Alunos do Indyu participam de maratona final antes do Enem

Colégio promove evento para reforçar conhecimento e técnicas

Leonardo Queiroz
10/11/2022 às 23:36.
Atualizado em 11/11/2022 às 20:28
Da esquerda para a direita: Alex Logan Azevedo quer Jornalismo ou Publicidade; Mayara Kissila: “A expectativa é alta” e João Vitor Camargo vai tentar Medicina. (Leonardo Queirzo/ Montagem)

Da esquerda para a direita: Alex Logan Azevedo quer Jornalismo ou Publicidade; Mayara Kissila: “A expectativa é alta” e João Vitor Camargo vai tentar Medicina. (Leonardo Queirzo/ Montagem)

O colégio Indyu promove na manhã deste sábado (12), no Campus São Noberto Funorte, uma manhã de acolhimento com o evento “Hackathon Enem”, voltado para os estudantes que farão as provas do exame no domingo (13).

O objetivo é agregar conhecimentos e técnicas que venham a somar num excelente desempenho dos alunos. O evento terá a participação de dois convidados, que vão abordar temas diversos.  

Guilherme Samy, apresentará o tema: " O segredo das questões Contextualizadas", com abordagem de questões de múltiplas escolhas,  onde o aluno aprenderá técnicas de ao ler o enunciado poderá eliminar questões,  ou seja, eliminar as questões que não são possíveis e deixar as que tem condições de ser assertivas.

Alessandro Piantino,  fará abordagem com o tema: "Quer ser nota 1000". Ensinando as técnicas de correção, onde o aluno poderá corrigir a redação do Enem  e quais as estratégias que o Enem utiliza para correção.

Também haverá um momento com a psicóloga Mayara Durares que também é professora do Indyu com técnicas de relaxamento para fortalecer todo o trabalho que vem sendo desenvolvido nos últimos meses que antecedem ao Enem. 

“A expectativa é enorme. É uma prova decisiva que vai decidir o restante da minha vida praticamente. Eu quero Medicina e por isso quero ir muito bem na prova. Ao todo são duas ansiedades, o Enem no domingo e o resultado do vestibular de Medicina Funorte que sai na próxima segunda (14) onde estou tentando uma vaga. É uma prova muito importante para todos nós e me sinto preparado diante do trabalho que fomos desenvolvendo ao longo do ano com toda equipe de professores do Indyu. Já estou com várias dicas da nossa psicóloga que tenho certeza que vai somar na hora da realização do exame”, conta João Vitor Camargo Sampaio, 3° ano Indyu, 18 anos. 

“É estranho falar de expectativa onde na pandemia seria o nosso tempo de preparo para o Enem e era para supostamente eu me sentir um pouco mais nervoso do que agora mas toda forma que fomos amparados pela equipe do colégio através de professores, da nossa psicóloga Mayara e ainda esse evento no próximo sábado onde vamos poder hackear o Enem, toda a direção necessária me deixa mais tranqüilo. Todo o trabalho feito tenho a certeza que foi para nos deixar o mais confortável possível justamente por sermos o 3° ano que volta da pandemia”, diz Alex Logan Azevedo Silva, 17 anos, 3° ano Indyu.
 
PÓS PANDEMIA 
Ele lembra os tempos de estudo durante a pandemia, longe da escola.

“Passamos a maior parte do ensino essencial em casa, afastados o que é diferente de estar na escola. Me sinto preparado”, afirma Alex, que pretende fazer Jornalismo ou Publicidade e destaca o trabalho de orientação que a escola desenvolveu, onde foram apontados Os principais pontos para poder se sentir seguro na escolha do curso.

“O terceiro ano é a reta final e creio que a gente se prepara desde o ensino médio. Sabemos que muitos estão inseguros por causa do momento da pandemia e alguns se sentem prejudicados, mas a estrutura que a escola nos oferece nos ajuda e nos apoia para que possamos realizar um excelente trabalho. A expectativa é alta e acho que está tudo certo. Meu recado a todos é que cada um tem potencial e capacidade para fazer uma boa prova e que se não passar agora, temos uma vida toda pela frente e cada um tem seu momento”, conta Mayara Kissila Moreira, do 3° ano Indyu. 

Atenção com os horários das provas
“Nossa expectativa é uma das maiores onde sempre tivemos o cuidado de atender nossos alunos. Mesmo na pandemia e ainda mais agora sempre tivemos o a preocupação em ofertar algo a mais para nossos alunos”, fala Isabel Cristina Rabelo, supervisora do Indyu na educação básica. 

O local de prova pode ser consultado no cartão de confirmação de inscrição, disponível na pagina do participante, no portal do Inep. Devido aos domingos os horários de ônibus geralmente serem reduzidos uma boa dica é calcular o tempo até o local da prova para não se atrasar e correr o risco de perder o exame. 
 
TRANSPORTE 

O NORTE procurou a Prefeitura de Montes Claros para saber se o município prepara algum esquema especial de transporte, como, por exemplo, alteração no transporte público ou desvio em ruas próximas aos locais das provas, mas não teve retorno até a publicação da matéria.

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por