O jogo criado no Colégio Indyu para ajudar no ensino fundamental, facilitando o aprendizado, é um dos finalistas da premiação nacional de inovação “Desafio Inova Escola”. Vinte e cinco projetos foram selecionados na etapa regional e estão sendo submetidos à votação popular on-line, até o próximo dia 12. 

É o momento de as escolas mobilizarem suas comunidades para conquistarem os votos que podem levá-las à conquista na categoria. Será eleita uma escola por região brasileira, ou seja, haverá cinco vencedores na categoria.

O coordenador do projeto e diretor do Colégio Indyu, William Borges Lisboa, conta que se reuniu com os professores Geysa Santos Xavier e Jhonatan Mesley Santos Alves e criaram uma proposta. “Estudamos, fizemos cursos e criamos uma ideia. Então, submetemos nosso projeto ao desafio nacional criado para comemorar 20 anos da Fundação Telefônica. Tivemos a grata notícia de que a equipe técnica da fundação acredita em nosso ideal e somos a única escola de Minas finalista do desafio. Fomos selecionados entre as cinco melhores da Região Sudeste. Fizemos um vídeo de três minutos para explicar um pouco do projeto”, conta.

“O momento agora é de contar com todos para divulgar e votar no projeto. Esperamos que tenha uma repercussão nacional e que possamos convencer o governo a implantá-lo”, pondera.
 
COMO FUNCIONA
O projeto Black Box se propõe a tornar o ensino mais interativo, inserindo os estudantes como sujeitos no ensino-aprendizagem. Prevê o uso de games para a resolução de problemas e para a qualificação da aprendizagem, aliada à tecnologia, de forma a tornar as aulas mais atraentes. 

O projeto foi classificado entre 1.250 inscrições de todo país. Os cinco melhores vão receber assessoria técnica e um apoio financeiro de R$ 10 mil, para colocar em prática o trabalho apresentado.
 
PRÊMIO
O Desafio Inova Escola é uma iniciativa promovida pelo Programa ProFuturo, por meio da Fundação Telefônica, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

O programa ainda conta com o apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e Movimento de Inovação na Educação (MIE).

Para votar no projeto do Colégio Indyu é só acessar o link da votação popular (https://www.desafioinovaescola.org.br/) e selecionar “Black Box”.