Termina nesta quarta-feira (14) o prazo de inscrição para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A data limite, que estava marcada para 9 de abril, foi prorrogada na noite da última sexta-feira.

Para participar do Sisu será exigido do candidato que ele tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição de 2020, cujo resultado foi divulgado no dia 29 de março, obtido nota superior a zero na prova de redação e não tenha participado do Enem na condição de treineiro.

Para se inscrever, o candidato deve utilizar o mesmo login cadastrado no portal de serviços do governo federal, da mesma forma que fez para acessar o resultado do Enem 2020.

O candidato deve se preparar com antecedência para não ter problemas no ato da inscrição do Sisu, quando é exigida a senha do cadastro no portal de serviços. Quem precisar recuperar esses dados já deve providenciá-los.

De acordo com o MEC, as inscrições para o primeiro processo seletivo do Sisu de 2021 ultrapassou, na quinta-feira, a marca de 2 milhões de inscrições.

PROUNI
Estudantes interessados em disputar uma das bolsas remanescentes do processo seletivo do primeiro semestre de 2021 do Programa Universidade para Todos (Prouni) terão uma chance a partir do próximo mês. O Ministério da Educação (MEC) vai abrir, nos dias 3 e 4 de maio, as inscrições para essas vagas, que deverão ser feitas exclusivamente pela internet, na página do Prouni até as 23h59 de 4 de maio.

O Prouni é um programa de acesso ao ensino superior destinado a quem não tem diploma de graduação. São oferecidas vagas em instituições privadas do ensino superior no país, com bolsas de estudo integrais, que cobrem a totalidade da mensalidade do curso, e parciais, que cobrem 50% do valor da mensalidade.
 
NÃO PREENCHIDAS
As bolsas remanescentes ofertadas serão aquelas não preenchidas no processo seletivo regular para o primeiro semestre de 2021. 

O Prouni seleciona bolsistas duas vezes por ano, para ingresso no primeiro e no segundo semestres.

Neste primeiro semestre, o programa oferece bolsas para 13.117 cursos em 1.031 instituições de ensino, localizadas em todos os estados e no Distrito Federal. São mais de 162 mil bolsas ofertadas, sendo 52.839 para cursos na modalidade de educação a distância.

*Com Agência Brasil