Neste final de semana, 16 e 17, serão realizadas as provas dos exames supletivos. O objetivo é possibilitar ao jovem e ao adulto a conclusão do ensino fundamental ou médio, sem necessidade de freqüentar a escola regular. Para o ensino fundamental é exigida idade mínima de 15 anos e para o médio, 18 completos ou a completar até a data do término das provas.  Em todo o estado são 30.635 inscritos, sendo 8.928 para o ensino fundamental e 21.707 para o médio.



Não haverá tolerância de horário e, por isso, os candidatos deverão chegar ao local de aplicação das provas 30 minutos antes do início, levando lápis preto, borracha e caneta azul ou preta. Também será necessário apresentar um documento de identidade que contenha foto, assinatura e filiação. O uso de calculadora não será permitido, mas, para a prova de língua estrangeira moderna, o dicionário poderá ser consultado.



O candidato teve acesso ao comprovante definitivo de inscrição por meio do sítio eletrônico da secretaria de estado de Educação www.educacao.mg.gov.br para confirmar os dados da inscrição e conferir o local, data e horário das provas, que serão realizadas, simultaneamente, na capital e no interior do estado.



Os exames supletivos terão provas escritas. Para o ensino fundamental, serão as disciplinas: Língua Portuguesa, História, Geografia, Matemática, Ciências e Língua Inglesa, de inscrição facultativa e, para o ensino médio: Língua Portuguesa, História, Geografia, Matemática, Física, Química, Biologia e Língua Estrangeira Moderna (Língua Inglesa, Língua Francesa ou Língua Espanhola, conforme opção do candidato).



Haverá redação e, para ser aprovado, o candidato deverá obter, no mínimo, 50% em cada disciplina. O gabarito será divulgado no dia seguinte à realização das provas no sítio eletrônico da secretaria de estado de Educação: www.educacao.mg.gov.br . Os resultados finais serão divulgados até 40 dias após a data de realização da última prova. Eles também estarão disponíveis no sítio eletrônico da secretaria de Educação.



Será aprovado o candidato que, em cada disciplina, obtiver o mínimo de 50% dos pontos atribuídos à prova. O candidato também poderá entrar com recurso referente à questão de prova, no prazo máximo de cinco dias úteis, contados a partir da data da realização dos exames. O recurso deverá ser protocolado na superintendência regional de Ensino da circunscrição onde o candidato realizou os exames.



Os exames são oferecidos duas vezes por ano, em julho e dezembro.