O período ainda é de isolamento para se prevenir contra o coronavírus. Mas isso não quer dizer que é tempo de ficar sedentário. Pelo contrário, a atividade física pode fortalecer o organismo e aumentar a resistência para enfrentar essa pandemia de Covid. Para mostrar que é possível se exercitar, mesmo em casa, a Funorte iniciou ontem um evento on-line que oferece orientações sobre a atividade física e psicológicas para encarar esse momento.

O “Exercite-se Funorte” foi criado por alunos do 2º e 3º períodos do curso de Educação Física da instituição, dentro da disciplina Organização de Eventos. A proposta é melhorar a qualidade de vida das pessoas, conscientizando e estimulando a se exercitarem regularmente e cuidarem das emoções durante e após a pandemia.

A convidada desta quinta-feira (8) é a psicóloga Míriam Orneles, com uma palestra com o tema “MoviMente”. Durante o evento, a psicóloga dará dicas de leitura, exercícios, atividade física, aplicativos que são certificados e que foram premiados e desenvolvidos por psicólogos.

“Podem esperar um evento dinâmico, com resultados. E não aceitaria se a atividade física não fizesse a diferença na minha vida. Hoje, mostraremos algumas perspectivas de atividade física. Muitas vezes, quando um médico orienta um paciente a praticar atividade física, a primeira coisa que vemos é a pessoa correr e se matricular em uma academia. Muitas não se adaptam e começam a falhar, deixando de passar até na porta. Às vezes, deixamos de fazer algo que gostamos por achar que atividade física só se faz na academia. Devemos buscar algo que sintamos prazer em realizar, como uma dança, caminhada, natação. Há várias formas de exercitar”, explica a psicóloga.

“É muito importante o processo de autoconhecimento, onde consigamos nos identificar. Qual atividade física me dá prazer e sentido em realizar? Qual delas me faz feliz? Iremos também diferenciar rotina de hábito para que aquilo que nos faz bem permaneça na nossa vida”, destaca Míriam.
 
QUALIDADE DE VIDA
Para a coordenadora de Extensão da Funorte e professora da disciplina Organização de Eventos, Marcela Pamponete, a atividade física é essencial para a saúde em tempos de pandemia. “Exercitar está associado diretamente à melhoria da qualidade de vida, aumento da imunidade e melhor funcionamento do nosso corpo”, explica.

A programação do evento foi aberta ontem com o personal trainer e professor de educação física Lucas Liedson. Ele apresentou atividades para estimular a força, resistência, agilidade, cognição, paciência e concentração de todos os participantes.

“Manter o corpo ativo é muito importante para nossa saúde. Devido à pandemia, muitos estão dentro de casa e se movimentam pouco ou quase nada. A partir do momento que você pratica alguma atividade, acompanhado por um profissional da área, está mantendo o corpo ativo, fazendo com que o coração bombeie mais sangue, melhorando a condição motora, coordenação e diversos outros aspectos. A atividade é importante não só neste período de pandemia, mas em toda nossa vida. O principal é tentar manter o corpo ativo para que cada vez mais consiga realizar mais atividades”, explica Lucas.

O evento pode ser acompanhado pelo canal Funorte Oficial no YouTube, das 18h às 19h20.