Previsto para 2020, o projeto piloto do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) Digital deve ter a participação de 100 mil pessoas em 15 capitais brasileiras, informou o Ministério da Educação (MEC). A expectativa inicial era a de que cerca de 50 mil candidatos fizessem as provas via internet. De acordo com a pasta, o Enem Digital vai permitir a utilização de novos tipos de questões com vídeos, infográficos e até a lógica dos games. A sequência do programa, no entanto, depende da estruturação das escolas públicas brasileiras, em especial dos laboratórios de informática. “Levaremos informática para todas as escolas do Brasil. Não adianta passarmos para o Enem Digital sem dar condições de competição para o filho de quem não tem internet nem computador”, frisou o titular do MEC, Abraham Weintraub.