Os candidatos que farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos dois próximos domingos, 17 e 24 de janeiro, contam com uma força a mais na preparação. Quatro aulões preparatórios serão transmitidos, ao vivo, pela TV Brasil, emissora pública da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

A duas primeiras aulas acontecem hoje e no sábado (16), véspera do primeiro dia de provas, das 14h às 18h. As demais serão nos dias 21 e 23 de janeiro, sempre no mesmo horário. A TV Brasil também vai transmitir, ao vivo, a correção das provas do Enem.

O anúncio da parceria foi feito nesta terça-feira (12), durante uma audiência com participação dos ministros das Comunicações, Fábio Faria, e da Educação, Milton Ribeiro, e representantes do GDF e da EBC. 

“Estamos anunciando uma parceria da EBC, em que vamos transmitir quatro aulões do Enem na TV aberta, na TV Brasil. Serão nas quintas-feiras, dias 14 e 21, e nos sábados 16 e 23, sempre das 14h às 18h”, afirmou o ministro Fábio Faria. 
 
MARATONA ENEM
Os aulões preparatórios fazem parte da Maratona Enem, projeto da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEE/DF) que disponibiliza um repositório de conteúdos e vídeos na internet, apresentados pelos próprios professores da rede pública de ensino.

Com a transmissão pela TV Brasil, em sinal aberto de radiodifusão, além da veiculação das aulas nas redes sociais da própria emissora da Secretaria de Educação do DF, a expectativa é a de que estudantes do Brasil inteiro possam acompanhar a revisão final dos conteúdos das provas.

“Essa parceria que a gente tem hoje em relação ao governo federal, e ao GDF, é um símbolo que a gente mostra o foco no cidadão. A EBC é uma ferramenta que a gente pode fazer essa contribuição”, afirmou Glen Valente, diretor-presidente da EBC.

Além do sinal em TV aberta, poderá acompanhar pela TV Brasil quem sintonizar o canal na TV por assinatura e pelo canal de YouTube da emissora. Segundo o governo, a transmissão contará com um QR Code que direciona para o repositó-rio on-line de materiais relativos às aulas, que poderão ser baixados pelos estudantes.

A Agência Brasil fará a transmissão web ao vivo dos aulões e também disponibilizará os conteúdos auxiliares para o Enem.

Mais cedo, a Justiça Federal em São Paulo negou o pedido de adiamento do Enem, feito pela Defensoria Pública da União (DPU), em razão dos riscos de contágio em meio a pandemia de Covid-19.

*Com Agência Brasil