A segunda parcela do Bolsa Merenda, no valor de R$ 50, começou a ser paga nesta segunda-feira (18) a famílias de alunos carentes da rede estadual de ensino de Minas Gerais. De acordo com o governo do Estado, dos 380 mil estudantes aptos a receber o benefício, 117 mil fizeram o cadastro na plataforma criada para o programa, ou seja, somente 30% dos beneficiados se inscreveram.

Uma das questões que pode estar dificultando o cadastro dos beneficiados é que ele só pode ser feito por um aplicativo de telefone celular. Por isso, o governo explica que o procedimento pode ser feito por qualquer celular, mesmo que o aparelho não seja da pessoa beneficiada – já que a ajuda é concedida apenas para o CPF fornecido. Mas é necessário ter muito cuidado, para não deixar informações confidenciais com terceiros, além da senha de acesso à conta do beneficiário.

Para ter direito ao auxílio, a família deve estar incluída na faixa de extrema pobreza, em que a renda per capita não ultrapasse R$ 89 mensais. É pago um auxílio para cada aluno carente, ou seja, uma família pode receber mais de um pagamento.

Dos R$ 50 disponibilizados, R$ 30 vêm do governo de Minas e os outros R$ 20, do Ministério Público. O recurso pode ser utilizado na aquisição de alimentos em supermercados, padarias, sacolões, feiras livres, lanchonetes e outros estabelecimentos.
 
COMO RECEBER 
O responsável pela família inscrito no CadÚnico deve se cadastrar no aplicativo PagBank, que fará a aprovação do benefício. A inscrição é simples: basta baixar o aplicativo PagSeguro PagBank – disponível no Google Play e na App Store – e realizar o cadastro. Também é possível realizar o processo pelo site cadastro.pagseguro.uol.com.br. Porém, neste caso, é preciso concluir a abertura da conta no aplicativo efetuando o envio dos documentos (foto do RG ou CNH e selfie segurando este documento).

Após o cadastro, o beneficiado receberá um cartão. Mesmo antes da chegada do cartão, qualquer estabelecimento pode aceitar o pagamento via QR Code, desde que tenha uma máquina da PagSeguro (Moderninha Pro, Moderninha X, Moderninha Plus e Moderninha Smart). Após a entrega do cartão, qualquer loja que tenha a bandeira Visa pode fazer a venda de produtos.

SAIBA MAIS
As aulas na rede estadual foram retomadas na segunda-feira, a distância. O aprendizado começou a ser transmitido pela Rede Minas, que vai exibir as aulas de segunda a sexta-feira, a partir das 7h30. Em caso de dúvidas, os estudantes vão poder enviar perguntas por WhatsApp (31-98295-2794) ou ligar para (31) 3254-3009, entre 11h15 e 12h30.

Além da TV, os vídeos serão postados no aplicativo “Conexão Escola” e no canal da Secretaria de Estado de Educação (SEE) no YouTube. Parte do conteúdo das disciplinas está disponível em estudeemcasa.educacao.mg.gov.br. 

Os quase 2 milhões de estudantes das escolas estaduais de Minas puderam assistir na segunda a conteúdos relacionados à temática Linguagens, que inclui Português, Inglês, Literatura, Artes e Educação Física. Toda a programação das aulas pode ser consultada no site acima. Na página também é possível baixar as apostilas.