O Colégio Indyu de Montes Claros e o Impar Escola de Criança conquistaram dois 3º lugares na 1ª Olimpíada Nacional Jovens Gênios. 

As alunas Lavínia Freitas Borges, do 7° ano do Indyu, conquistou ouro e terceiro lugar geral. Já Maria Julia Soares, do 6° ano do Impar, ficou com o 3º lugar geral individual. O Indyu conquistou ainda uma colocação entre as 15 melhores escolas a nível nacional. 

A Olimpíada Nacional de Gênios foi uma competição on-line multidisciplinar e adaptativa da América Latina com mais de 3 mil prêmios diferentes para as escolas brasileiras.

O evento teve o objetivo de desenvolver as habilidades e competências da Base Nacional Curricular, previstas do 5º ao 9º anos do ensino fundamental, nas disciplinas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática, Geografia, História e Ciências da Natureza.

A olimpíada aconteceu na Plataforma Digital Adaptativa de Aprendizagem e Avaliação Gamificada Jovens Gênios.

A competição ocorreu em setembro. A premiação foi on-line para reconhecer os vencedores dos níveis alunos, turma, escola e professor em outubro.
 
ENGAJAMENTO
O Indyu teve quase 50% dos alunos participando. Foi feito uma amarração entre professores e disciplinas para motivar as turmas a participar.

De acordo com o professor William Borges, do Indyu, houve toda uma orientação e suporte técnico para que os participantes de ambas as escolas ficassem conectados à plataforma com todo o apoio necessário.

“Nada na vida tem que ser obrigado. Colocamos a oportunidade para quem queria jogar. Houve premiações no individual e no coletivo”, explica. 

“Essa competição quebrou um pouco o gelo das provas, onde normalmente o aluno acha que é complicado, tem medo e que vão ser julgados”, diz William Borges.

Ele conta que os estudantes trabalharam mais na ideia do “Show do Milhão”, com perguntas e respostas, considerando as regras do jogo. Porém, se o aluno errasse, perdia pontos extras; se acertasse em sequência, ganhava pontos extras.

Em 2021, o Indyu participou de mais de dez competições e ainda aguarda resultados, como do Desafio Nescau. A escola ainda participou do campeonato brasileiro de karatê, Jemg Virtual, com excelentes colocações.

E o calendário para 2022 já promete muito engajamento, motivação e participação de todos os alunos do colégio em diversas olimpíadas.