Agronegócio

Orgulho engarrafado

Minas Gerais assume o terceiro lugar como maior exportador de cachaça no país e é o maior produtor artesanal

Larissa Durães
Publicado em 04/01/2023 às 22:00.
Já são mais de 1,7 mil marcas registradas em Minas Gerais, cerca de mil a mais do que São Paulo, segundo lugar no ranking. (LARISSA DURÃES)

Já são mais de 1,7 mil marcas registradas em Minas Gerais, cerca de mil a mais do que São Paulo, segundo lugar no ranking. (LARISSA DURÃES)

O aumento das exportações da cachaça produzida em Minas elevou o patamar do estado no ranking nacional. De janeiro a novembro de 2022, os embarques renderam ao estado US$ 2,069 milhões em divisas, alta de 135%.  

Com isso, Minas Gerais saltou da quinta para terceira posição, ficando atrás de São Paulo e Pernambuco.  

No período, foram embarcados 378 mil litros, volume, 86% superior ao registrado em igual intervalo de 2021. Os dados são do Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac).  

Assumindo a terceira colocação, o estado passou a responder por 11,2% do valor exportado pelo Brasil. No mesmo período de 2021, o volume direcionado ao mercado externo representou 4,4% do país e manteve o estado em quinto lugar, atrás de São Paulo, Pernambuco, Paraná e Rio de Janeiro.

“O que a gente perde em relação a essas duas primeiras cidades, é que elas são cachaças industriais. São produtos que se produz em milhões de litros, por isso exportam milhões de litros. Por isso Minas ficou em terceiro lugar”, diz o presidente da Associação dos Produtores Artesanais de Cachaça de Salinas (APACS) e administrador da Cachaça Havana, Cléber Santiago. 

Para manter a qualidade da bebida, considerando ampliação de mercados, melhora da produção e segurança sanitária, o Governo de Minas, por meio Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), autarquia vinculada à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), criou projeto “Cachaça Mineira Legal e de Qualidade”.  

A iniciativa envolve toda a cadeia produtiva da cachaça para os próximos cinco anos.  

Dentre os objetivos específicos destacam-se ações educativas estratégicas em regiões do estado onde há elevado número de estabelecimentos clandestinos.

“Isso ajuda a quem é irregular a registrar a sua marca. Por isso Minas deu esse avanço. Porque com essa fiscalização a pessoa tem que regularizar a sua marca. Então, Minas hoje deu um pulo em termos, de registro de marcas e são quase duas mil marcas registradas. É melhor ter uma cachaça de qualidade, registrada, porque se não pode sofrer multas”, diz Cléber. 

Processos tradicionais

Minas é o maior produtor de cachaça artesanal do país. O processo tradicional de fabricação da bebida em alambique é declarado como patrimônio cultural pela lei estadual Nº 16.688, de 11 de janeiro de 2007.

Já são mais de 1,7 mil marcas registradas no Estado, cerca de mil a mais do que São Paulo, segundo lugar no ranking. Salinas, no Norte do estado, é considerado o município com mais estabelecimentos registrados, em torno de 56 marcas.  

“E é conhecida como a capital nacional da cachaça. Mas é bom explicar que não quer dizer que Salinas produz a maior quantidade de cachaça, é um título dado pela qualidade da cachaça produzida em Salinas. Porque é em Salinas que se produz as melhores cachaças do Brasil, hoje”, explica o presidente da Apacs. Seguido de cidades como Alto Rio Doce, Córrego Fundo, Bonfim, Rio Espera, Divinésia, Lamim e Perdões.

“Com certeza é mais vantagem continuar produzindo uma cachaça artesanal. A Havana, por exemplo, não tem nenhum interesse de mudar, somos uma cachaça artesanal de verdade, pois, fabricamos 12, 13 mil litros somente por ano, tudo manual, não temos máquinas praticamente para nada. Por isso ganhamos o título da ‘Cúpula da Cachaça’, e ficamos em 1º lugar como a melhor cachaça do Brasil, envelhecida. São 80 anos de marca e mercado. Isso prova que o artesanal vale a pena sim, em termos de qualidade”, conclui um orgulhoso Cléber.

*Com Agência Minas

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2023Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por