economia

Comércio preocupado com os feriados de 2023

Maioria das datas comemorativas deste ano vai cair durante a semana

Larissa Durães
23/01/2023 às 23:45.
Atualizado em 23/01/2023 às 23:45
“É preciso criar estratégias para que se possa superar essas diferenças no restante da semana, seja com ações específicas como promoções”, aconselha Glenn Andrade, presidente do Sindcomércio de Montes Claros. (LARISSA DURÃES / ARQUIVO PESSOAL)

“É preciso criar estratégias para que se possa superar essas diferenças no restante da semana, seja com ações específicas como promoções”, aconselha Glenn Andrade, presidente do Sindcomércio de Montes Claros. (LARISSA DURÃES / ARQUIVO PESSOAL)

O ano de 2023, chegou chegando! E para os amantes dos feriados – especialmente para quem pode emendar –, será melhor ainda. O calendário marca 12 feriados, cinco deles prolongados. 

O calendário nacional considera tanto as datas oficiais, quanto os pontos facultativos (aqueles em que a folga é opcional e depende de cada empregador).  Entretanto, não será tão bom assim para os comerciantes.

Em Montes Claros, por exemplo, onde o turismo é praticamente inexistente, o comércio e precisa funcionar para arcar com despesas e impostos – chegam independentemente de as pessoas estarem de férias ou não.

“Infelizmente a quantidade de feriados no ano de 2023, e o consequente encontro de cinco feriados prolongados, impactam negativamente no desemprenho do comércio local”, avalia o presidente do Sindicato do Comércio (Sindcomércio) de Montes, Glenn Andrade. 

“Mesmo porque, Montes Claros não é uma cidade com vocação turística, apesar de ter investimentos em shoppings, clubes e outras atividades, mas não atrai o turismo, diferentemente de outras regiões que têm vocação turística, como litoral, cidades ribeirinhas e históricas. Enfim, para quem vive do comércio, a gente vê isto com preocupação”, ressalta.  

Mariney Baliza, gerente venda de uma das lojas mais antigas de Montes claros, inaugurada em 1978, diz que por experiência, sabe que vai te prejuízo. 

“O que antecede e o pós-feriado, conseguimos tirar essa diferença, do dia fechado, porque mesmo Montes Claros, não sendo uma cidade turística, recebe muitos parentes e familiares, que moram fora e com isso a gente consegue movimentar a economia da loja”, conta. 

O conselho da gerente para os empresários novatos, “tem que fazer promoções, facilidade de pagamento, trabalhar com desconto diferenciado, e parcelamentos também diferenciado, porque vai agregar mais as vendas, fazendo o diferencial e trazendo beneficio mais para a loja e para o consumidor também”, aconselha Mariney Baliza.
 
PARA DIMINUIR O PREJUÍZO 
“É importante que o empresário se organize e planeje, porque cada dia deste dai que será feriado prolongado. Não que o comércio não possa funcionar – vamos negociar para que possa abrir –, mas gera um custo a mais para o empresário: ele tem que pagar pelo menos o dia em dobro ou dar uma folga compensatória para o trabalhador. Onera ainda mais”, explica o presidente do Sindcomércio. 

A maioria das datas comemorativas de 2023 vai cair em uma quinta-feira (quatro), seguidas da sexta (três), segunda (dois), além de uma na terça e outro na quarta. 

“O que vejo é que o comprometimento de pelo menos parte da semana é muito forte, porque Montes Claros, é uma cidade, polo. Temos um comércio forte, um setor de serviço forte que exerce influência ao nível regional. E as pessoas de fora deixam de vir. Sufocam pelo menos metade da semana”. 


ESTRATÉGIAS  
Ainda de acordo com Glenn Andrade, o empresário precisará se reinventar para diminuir os prejuízos que terá no ano. 

“É preciso criar estratégias para que se possa superar essas diferenças no restante da semana, seja com ações específicas como promoções, brindes, divulgações, para atrair o público”, aconselha.

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2023Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por