Teatro Universitário apresenta três novos espetáculos

Jornal O Norte
07/12/2009 às 09:25.
Atualizado em 15/11/2021 às 07:19

Michelle Tondineli


Repórter

Nos dias 6, 7 e 8 de dezembro, é apresentado no Centro Cultural Hermes de Paula os espetáculos  “A Casa de Bernarda Alba” que é fruto do Ciclo de Leituras de 2008, Coordenado pela professora Efigênia Alkimim Praes e pela acadêmica Monica Mesquita, a Leitura Dramática de “Boca de Ouro” de Nelson Rodrigues, é dirigida pela professora Efigênia Alkimim Praes e “Seis Personagens à Procura de um Autor” é um trabalho dos alunos formandos do Curso da primeira turma do Curso de Artes/Teatro da Unimontes. O espetáculo “Caxambu na Roda” é apresentado as 10h30min na Feira de Artesanato de Montes Claros.

De acordo com a organizadora do evento, Solange Maria Veloso Sarmento, a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) resolveu realizar a 1ª Mostra do Teatro Universitário para destacar o trabalho realizado pelos alunos e professores.

- As apresentações fazem parte dos grupos Danças Populares (Caxambu na Roda) coordenado pelos Professores Jarbas Siqueira e Ricardo Malveira, Grupo Catrumano coordenado pelo Professor Leonardo Silva Alves e Grupo de Experimentação e Dança Contemporânea coordenado pelo Professore Jarbas Siqueira, explica.

Atualmente 70 pessoas fazem parte dos grupos. Solange explica que todos estão trabalhando juntos para o sucesso desta mostra universitária. Além do TU estar em um novo formato e com novos trabalhos.

- Dentre eles nós temos o Exercício Número 01 do Grupo Catrumano, Casa de Bernarda Alba uma Leitura Dramática, Roda de Danças Populares do Caxambú na Roda. Algumas atividades extras também fazem parte do programa, como o Ciclo de Leituras Dramáticas (Nelson Rodrigues) Coordenado pela Professora Efigênia Alkimim e o Núcleo Avançado de Práticas Teatrais – A Casa de Bernarda Alba- Coordenado pelas Professoras Efigênia Alkimim e Solange Sarmento, completa.

O curso da Unimontes oferece oficinas teatrais aos alunos, entre elas iniciação Teatral Para Crianças E Adolescentes que é coordenado pela Professora Miriam Walderez e com sua execução realizada pelas acadêmicas Monica Mesquita e Kenia Novaes,  Interpretação (Método Stanislavski) Coordenada pelo Professor Ricardo Malveira e Interpretação (Artaud) – Coordenada pelo Professor Paulo Henrique Dias Costa.

Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (38) 3229-8241.

TEATRO UNIVERSITÁRIO COMPLETA 16 ANOS

Formar profissionais que compreendem as teorias e práticas da linguagem teatral, interligando os elementos cognitivo, afetivo e físico, articulando-os aos princípios da prática de ensino, proporcionando uma reflexão crítica sobre a atividade teatral e pedagógica, possibilitando, assim, o confronto de significados e a criação de novos sentidos.

Segundo Solange Maria Veloso Sarmento, o grupo surgiu em 1993,  com a vinda do diretor e ator Homero Carvalho Faria a cidade. Ela fala que o ator é uma importante figura do Teatro Mineiro.

- Este atuou como professor convidado a assumir disciplinas na primeira turma de Licenciatura Plena em Artes Cênicas da Unimontes contribuiu para o ressurgir da semente do teatro universitário. A sua presença instigou a oficialização do Projeto do Teatro Universitário criado e coordenado pela Professora Terezinha Ligia da Graças Fróes, afirma.

Solange ainda explica que o Teatro Universitário, atualmente é dirigido pela Professora Terezinha Lígia.

- Ele se constituiu inicialmente em uma oficina oferecida aos acadêmicos dos diversos Cursos da Unimontes e a comunidade em geral. Nesta versão o Projeto Teatro Universitário contemplou mais de trezentas pessoas com a participação direta no mesmo, e realizou algumas montagens teatrais como S.O.S. olidão e O Conto do Boi Tungão, entre outras, ressalta.

A professa ainda diz que o Teatro Universitário, funcionou como um espaço de oficina e montagens, instituído oficialmente como um Projeto de Extensão, assim funcionou até o ano de 2006.

- Mas acompanhado as mudanças no PPP - Plano Político Pedagógico do curso de Artes Teatro, o TU foi reestruturado em 2007 e apresentado para a Câmara de Ensino Pesquisa e Extensão. O então TEATRO UNIVESITÀRIO/TU – Laboratório de Pesquisa e Práticas e Performances Cênicas ampliou o espaço na Extensão e na Pesquisa fortalecendo a prática artística e o elo do teatro com a comunidade acadêmica e a comunidade em geral, argumenta.

Solange fala que esta nova proposta o Teatro Universitário, surgiu a partir de 2008.

- Funciona com oficinas, com grupos de pesquisa e como espaço de estudo de dramaturgia, incentivando não apenas a produção artística, mas a produção cientifica e literária. O nome Tetro Universitario traduz a complexidade do Projeto mas podemos simplificar, completa.

A professora ainda acredita que é muito difícil fazer teatro em Montes Claros. Para ela são vários motivos que a fazem pensar assim.

- A falta de equipamentos culturais, teatros bem equipados; a falta de incentivo, de mecanismos de fomento organizados, como o Fundo Municipal de Cultura; o desinteresse dos empresários em patrocinar projetos teatrais; a falta de uma política cultural que atinja o público desde a formação de platéia ao apoio as empresas teatrais por meio de Cursos de Capacitação, e outros, ressalta.

Solange revela que falta espaço para teatro em Montes Claros, devendo passar por algumas melhorias e transformações positivas.

- Não temos na cidade nenhum teatro bem equipado que atenda a demanda dos grupos locais e que possa também bem atender as produções nacionais que poderiam está colocando  Montes Claros no circuito Nacional de espetáculos e contribuindo na formação de platéia e na melhoria e no contato dos grupos locais com outras estéticas e forma de produção, finaliza.

Mais informações sobre o TU podem sem encontradas depto.artes@unimontes.br ou artes@unimontes.br. (MT)

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por