Com objetivo de formar novos mestres de folia e preservar os Ternos de Folia, umas das mais tradicionais manifestações culturais da região, a Associação de Ternos de Folia de Reis e Pastorinhas de Montes Claros promove oficinas para ensinar crianças e adolescentes a tocar os instrumentos usados na folia






(foto: Manoel Freitas)



Jerúsia Arruda


Repórter


jerusia@onorte.net



A Associação de Ternos de Folia de Reis e Pastorinhas de Montes Claros abre novas vagas para as oficinas de viola, cavaquinho, pandeiro e caixa, dentro do projeto Pequenos e Grandes Mestres da Folia.



Segundo o mestre de folia e presidente da Associação, Alcides Dias Machado o projeto tem como objetivo formar novos mestres de folia e preservar a manifestação cultural, hoje difundida somente entre as pessoas de mais idade.



- Nós foliões já estamos todos velhos e é preciso ensinar às crianças a cantar e tocar para preservar essa cultura religiosa que tanto agrada ao povo de nossa região. Precisamos repassar os ensinamentos dos velhos foliões. Além disso, com as oficinas, as crianças e adolescentes terão uma ocupação, e para aprender vão ter que se dedicar, estudar, e assim não terão mais tempo para ficar à toa, nas ruas – diz o mestre.



O projeto conta com patrocínio da secretaria de Estado de Cultura, através do Fundo Estadual de Cultura, e apoio da secretaria Municipal de Cultura de Montes Claros.



Segundo Alcides Machado, as oficinas são voltadas para crianças e adolescentes de 7 a 14 anos e vão até o dia 5 de novembro de 2007.



As aulas acontecem aos sábados, de 8h às 11h, e no domingo, de 14h às 17h, na escola municipal Alcides Carvalho, no bairro Vera Cruz.



As inscrições podem ser feitas na residência do presidente da Associação, Alcides Dias Machado, à Rua Dermeval Campos, 360, bairro Vera Cruz (mesma rua da escola). Informações pelo telefone (38) 3215-1678. As oficinas são gratuitas.