A 20ª Mostra de Teatro de Montes Claros entra na reta final. A programação, que começou no último dia 11, termina neste sábado. Os espetáculos são apresentados no Centro Cultural Hermes de Paula.

Os dez dias de apresentações são promovidos pela Associação de Artistas e Técnicos de Espetáculos de Diversão (Aarted) e estão sendo realizados com recursos da Lei Aldir Blanc, que é gerida pela Prefeitura de Montes Claros. 

Com o objetivo de atrair todos os públicos, a mostra reuniu dez grupos, sendo nove de Montes Claros e um de Urucuia, com espetáculos de comédia, infantis e de suspense. 

De acordo com a estudante de jornalismo e atriz Isabel Lôpo, o cenário é favorável e importante. “Muitos artistas precisam trabalhar para garantir o sustento. A sociedade precisa de arte, cultura e entretenimento e entendo que já passamos pela fase mais crítica da pandemia. Está na hora de voltar e levar um alento para todas essas pessoas”, diz.

Os espetáculos acontecem respeitando as regras sanitárias para garantir a segurança dos atores e do público. “É triste saber que podemos colocar apenas 50 pessoas no teatro, mas ao mesmo tempo ficamos felizes em saber que estamos de volta aos palcos. Tivemos espetáculos com ingressos esgotados rapidamente. Para o de sexta-feira, por exemplo, temos apenas cinco ingressos disponíveis”, comemora o presidente da Aarted, Júlio César Borges Ferreira.

Ele diz que o público está com sede de entretenimento, de assistir espetáculos novamente. “Sabemos que se tivéssemos aberto o teatro para 500 pessoas teríamos conseguido colocar as 500 lá dentro. É triste chegar a noite e pedir às pessoas para irem embora por não poderem entrar”, lamenta.

Mesmo com as limitações, Júlio César diz que a mostra foi muito bem recebida. “Não esperávamos algo tão bom. Vemos que o público quer voltar a assistir as peças, o que nos motiva a trabalhar cada vez mais pelo nosso teatro em Montes Claros”, afirma.
 
HORÁRIOS 
Os espetáculos acontecem às 20h, com ingressos vendidos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Em virtude da pandemia, o público no local está limitado a 50 pessoas por espetáculo.

Para assistir as atrações, é necessário apresentar o cartão de vacinação que comprove que a pessoa recebeu pelo menos a primeira dose do imunizante contra a Covid-19.