A cantora e compositora Deborah Rosa, uma das mais requisitadas para se apresentar em eventos institucionais, bares e particulares em Montes Claros, teve a agenda cancelada devido à pandemia do coronavírus. 

“São dias difíceis, de reflexão, recolhimento e de nova vivência ainda não experimentada. Na ‘clausura’ da casa, cuido da minha criança de 79 anos, fortes e bem vividos, meu pai. Aproveito para compor, estudar e finalizei agora o curso de Musicoterapia. Então, com mais tempo, reviso matérias, trabalhos e estudos da área para atender vários nichos como escolas, hospitais, clínicas e particulares”, conta.

Mas a chance de se apresentar não ficou perdida. Deborah Rosa foi chamada para participar de um projeto de shows ao vivo pelas redes sociais. “Foi um meio de ficar viva financeiramente, já que a nossa profissão é a música. A proposta surgiu de reunirmos em casa, a partir da mentora Carol Boaventura, de fazermos shows ao vivo no Instagram”, conta.

O músico Thomas Fernandes também faz parte do projeto e toca com Deborah na banda ThreeBandDhR. Juntos estão à frente da iniciativa, com mais três colegas, dirigindo a organização do projeto coletivo.

“Somos todos sócios para fazer o trabalho acontecer e para que o resultado seja alcançado. A contribuição que os ouvintes podem dar é a partir de R$ 5, que será dividida igualmente entre todos participantes”, conta Deborah. 

E quando não estão no show ao vivo, na Live no Instagram, os artistas atuam na divulgação e compartilhamento de suas redes sociais. APOIO

“Para contribuir conosco financeiramente, basta acessar o link na bio da página, @festivalficaemcasamoc, e na bio dos artistas participantes do #ProjetoColetivo. Lá tem todas as informações, todos os perfis para adicionar os artistas e também o link para colaborar”, conta a artista. 
 
MAIS SHOWS
A primeira edição do projeto começou em 19 de março e vai até o domingo, dia 29. Ao todo, 29 artistas fizeram parte da primeira edição. A segunda fase, que segue na semana subsequente do projeto, tem cerca de 50 novos nomes do cenário da música norte-mineira. 

“Acontece em sistema de rodízio. Essa primeira semana fiz show no sábado e farei agora na sexta, às 18h, e no sábado, às 21h. Os shows acontecem nos perfis de cada artista. Quem ainda não me segue no Insta é o @debhrosa. É importante seguir a nossa página do projeto coletivo Fica em Casa Moc no endereço @festivalficaemcasamoc. As lives também são retransmitidas na página do projeto no link https://youtu.be/Dmr0lNxHh3w”, explica a cantora.