A arte que tem como matéria-prima objetos do lixo que se transformam em luxo. É assim que o artesão montes-clarense Charles Hermenegildo, 52 anos, ganha a vida produzindo verdadeiras obras de arte com materiais descartados na lixeira. Plástico, canos, lata, tela de peneira... Tudo vem de material reciclável. A procura é grande pelos trabalhos dos artista, inclusive pelos estrangeiros.

Quem desce a rua Dr. Veloso, Centro da cidade, em frente ao número 534 A, depara-se com a vitrine da Laborearte, onde estão expostas algumas das peças. Uma vitrine que tem a capacidade de provocar sonhos, brincar com o imaginário e envolver todos em um mundo de encantamento.

Charles é um dos convidados especiais do Choro & Cia, que acontecerá no dia 27 de abril, sábado, no CasaNossa SPA Buffet, a partir das 17h, em comemoração ao Dia Nacional do Choro. Enquanto o Grupo de Choro Geraldo Paulista se apresenta, o artista criará ao vivo uma peça.

“O amor, a criatividade e curiosidade são os sentimentos que quero despertar nas pessoas com minhas obras. Também procuro me aperfeiçoar para manter o melhor que posso”, conta.

Durante nossa conversa, ele surpreendeu ao mostrar uma de suas peças, “O Jornaleiro”, toda em lata, que retira de aparelho de tevês velhas e arame de construção.
 
Como foi seu primeiro contato com a arte?
Eu comecei como autodidata. Desde criança, já desenhava, fiz esculturas em madeira, participei deu exposição no Centro Cultural Hermes de Paula e depois fui trabalhar no Instituto Laborearte, um espaço que se trabalha o interior das pessoas, a autoestima, com criatividade e valorização. Lá se vão 12 anos.
 
Quanto tempo leva para criar uma peça?
Depende muito da peça a executar, pelo tamanho, complexidade. A do jornaleiro foram dois dias de trabalho, mas as maiores levam mais tempo.
 
Em sua opinião, qual é a importância da reciclagem?
Primeiro, faço a pré-separação dos objetos descartados, dando origem a um novo produto com o objetivo de diminuir a produção de rejeitos e o seu acúmulo na natureza, reduzindo o impacto ambiental. A natureza já sofre tanto com esgoto doméstico, industrial e agrotóxico, mas o reciclável pode retornar ao uso, sem que precise explorar mais o meio.

Choro & Cia 2019
Onde: CasaNossa SPA Gourmet
Quando: 27 de abril, às 17h
Participação do Grupo de Choro Geraldo Paulista e artistas como Charles Hermenegildo
Informações: (38) 98428-9079