Ainda é hora de ficar em casa por conta do coronavírus, mas com a ajuda da internet é possível acompanhar de forma virtual, no Museu Regional do Norte de Minas, a exposição “A expressão e as cores da arte”, da norte-mineira Cleonice Costa.

As obras são inspiradas no meio ambiente, trazendo paisagens e flores típicas da região, além de reproduzir com fidelidade animais símbolos do Cerrado, como as araras, tucanos e onças. Os trabalhos poderão ser conferidos até 5 de abril.

Com traços fortes e cores marcantes, Cleonice apresenta, através da técnica óleo sobre tela, trabalhos que tocam as pessoas que as contemplam. Para Karine Dias, historiadora do Museu, as obras da artista celebram a natureza com todas as suas matizes.

“Com serenidade, Cleonice sutilmente nos convida a conscientizar sobre a necessidade das ações de preservação e defesa da natureza. Ela é uma artista viva e expressiva, que com sua sensibilidade, registra a beleza existente ao seu redor, cativando todo o público com sua arte”, avalia Karine.

Cleonice Costa nasceu em Capitão Enéas, Norte de Minas. Veio pra Montes Claros há 30 anos. Começou a pintar nos cursos livres de artes e hoje participa do grupo de pintura em um ateliê.

“Desde criança tive interesse pela pintura. Participei de alguns cursos livres e hoje faço parte do grupo de pintura no ateliê Marta Beatriz”, conta. 
 
PANDEMIA
Em detrimento do distanciamento social, a artista desenvolve seus trabalhos em casa e divulga em grupos através do WhatsApp (38) 99814-3636.

“Vamos conviver muito tempo com as conse-quências econômicas e sociais do coronavírus. Reinventar a forma de trabalhar e divulgar meu trabalho está sendo o papel mais difícil. No entanto, esse cenário tem me ensinado a me adequar à nova situação que nos encontramos hoje”, conta Cleonice.
 
SOBRE A ARTISTA
Costureira de ofício, Cleonice trabalhou primeiro com estamparia manual para decoração, roupas e enxovais e revela que passou para a pintura em telas a partir de cursos livres e aulas em ateliê, até mesmo como forma de superar as sequelas de um acidente, ocorrido há oito anos. 

De 2013 para cá, já participou de mostras em oficinas de arte e de uma exposição física autoral no próprio Museu da Unimontes.

SERVIÇO
Exposição “A expressão e as cores da arte”
Onde
: Facebook do Museu Regional do Norte de Minas e Instagram @museuregionalnm
Quando: Até 5 de abril