As escritoras montes-clarenses Glorinha Mameluque, Marta Verônica Vasconcelos Leite e Mara Parrela participam, de 26 de agosto a 12 de setembro, da 91ª Feira do Livro de Lisboa, organizada pela Associação Portuguesa de Escritores e Livreiros (Apel), em colaboração com a Câmara de Lisboa.

Enquanto elas apresentam ao público suas obras literárias, as escritoras Felicidade Patrocínio e Filomena Luciene Cordeiro Reis apresentarão artigos na Coletânea que será lançada durante a feira.

O evento será montado no Parque Eduardo VII, localizado em frente à Praça Marquês de Pombal. Dentre inúmeros estandes, a feira contará com o da Editora Rede Sem Fronteiras.

Glorinha Mameluque participa com três livros: “Aos 80... 80 crônicas escolhidas”, que contém 80 crônicas que celebram os 80 anos da escritora; “Diário de Bordo”, onde narra uma aventura na Europa a bordo de um motorhome e “O voo da gaivota”, livro que deu de presente à filha, contando sua vida e seu sonho de voar como uma gaivota.
 
DIÁRIOS
Marta Verônica lançará o livro “Caminho por onde andei, diários de bordo”. São diários e roteiros de viagens internacionais que realizou pelo mundo.

“É uma grande honra. A Rede Sem Fronteiras faz um trabalho impecável, possibilitando que nossos livros e participação em coletâneas estejam para além da feira em 20 países lusófonos. É a minha segunda participação na feira. Infelizmente, devido à pandemia, não estaremos presencialmente, mas participaremos dos lançamentos pela internet”, diz Marta.

A Rede Sem Fronteiras, que tem como presidente a jornalista e escritora Dyandreia Valverde Portugal, tem a missão de fomentar a cultura brasileira e a divulgação da língua portuguesa além-fronteiras, apresentando ao mundo as mais diversas formas de cultura existente.

Além disso, divulga os brasileiros que estão criando e desenvolvendo cultura e programas sociais pelo mundo. 

Em 2019, com a produção da Coletânea “A arte de ser mulher”, que contou com 18 escritoras de Montes Claros, a presidente esteve em Montes Claros acompanhada das escritoras Ana Maria Tourinho e Ângela Vera para fazer o lançamento da coletânea e entrega de certificados às participantes.

A noite memorável, promovida pela Academia Feminina de Letras de Montes Claros, gestão de Felicidade Patrocínio, foi importante vitrine.

“Reveste-se de grande importância essa participação, de vez que a feira é visitada por pessoas de todo o mundo e divulgada em mais de 20 países. Dessa forma, o nome de Montes Claros também será levado através de vídeos que serão apresentados durante todos os dias da feira”, diz Glorinha. 

Acompanhe pelas redes

@redesemfronteiras

@feiradolivrodelisboa