Jorge Takahashi (60 anos), compositor, cantor e violonista montes-clarense, é um dos artistas convidados para Série Cultural on line “Cultive.com”, idealizada e produzida pela produtora cultural, Berenice Chaves. A série on line, que estreia neste domingo, às 20h, via plataforma Youtube, apresenta gêneros artísticos como música, dança, artes plásticas e literatura, com renomados artistas brasileiros. 
Para O Norte Jorge Takahashi contou um pouco sobre suas origens, influências, participação na estreia e sobre o lançamento do álbum autoral “Um Violão Nos Montes” (2020). Confira:

O Norte: Jorge, como se deu sua formação profissional?
No início, (eu) era autodidata e mais tarde, concluí o curso médio de violão, no Conservatório Estadual de música Lorenzo Fernandez. Hoje, além de compor, também dou aulas particulares de violão popular.

O Norte: Como a música entrou na sua vida?
Desde a infância escutava minha mãe cantar, ela ama cinema e cantarolava as trilhas de grandes filmes, além do meu pai, que também amava música e tocava violão. Um dia, ganhei um violão de presente do meu tio e comecei a tocar, vendo uma namoradinha de adolescência, e a acompanhando em suas aulas, no Conservatório.

O Norte: Conte-nos sobre seus trabalhos profissionais, e qual deles te marcou de maneira especial.   
Trabalhei por muitos anos na composição de jingles, participei de inúmeros festivais com composições autorais e como instrumentista, ministrei aulas particulares e no Conservatório Estadual de música Lorenzo Fernandez. Toquei em bares, casamentos, fiz inúmeros shows solo e acompanhado por banda, gravei CDs, entre outros. Todos os trabalhos são marcantes, mas o que me marcou, de uma forma especial, foi quando fui proprietário de um estúdio, juntamente, com Luciano Andrade, o que me possibilitou conviver com vários músicos e trabalhar na composição, criação e arranjos. Atualmente, o grande momento, muito especial para mim, foi a conclusão desse novo trabalho, o álbum “Um Violão nos Montes”.

O Norte: Como você conheceu a produtora Berenice Chaves e como foi o convite para participar da Série Cultive.com?
Conheço a produtora Berenice Chaves desde a adolescência, éramos vizinhos e colegas do Conservatório de Música Lorenzo Fernandez e Grupo Banzé.  Enviei pra ela, recentemente, as músicas que fariam parte desse novo álbum, ela gostou muito e me convidou para esse grande projeto.

O Norte: O que você espera desse projeto on line?
Particularmente, uma grande visibilidade, onde as pessoas irão conhecer meu novo álbum, e com certeza vai gerar consequências positivas, porque se trata de um projeto sério, confiável, de credibilidade e alcance midiático mundial.

O Norte: Quais seus projetos daqui pra frente?
Dar sequência a divulgação desse álbum, através de lives, até que possamos estar presentes e em contato com as pessoas, por consequência desse período de pandemia. Além disso, continuar a ministrar aulas (hoje faço isso on line), continuar a compor, registrar minhas composições ainda inéditas, trabalhar meu primeiro Song book e dar continuidade às gravações de minhas composições. Espero poder gravar, pelo menos, um álbum por ano.

SERVIÇO:
Estreia Série Cultural on line Cultive.com
Quando: Domingo, 27.09.2020
Onde: www.youtube.com/Berenicechaves1
Horário: 20 h