Inspirados em músicas cristãs como “Seu amor me alcançou”, de Nick e Rachael Billman, “Em teus braços”, de Laura Souguellis, “Lugar secreto”, de Gabriela Rocha, além de músicas de Alessandro Villas boas e Morada, o casal Mariana e Rodrigo Mendes decidiu soltar a voz na porta de casa, no bairro Belvedere, durante o isolamento. Resultado? Um coral de muitas vozes. É que muitos moradores, cada um em sua porta, com segurança, decidiram entoar juntos trechos de algumas músicas, como da canção que diz “E se eu passar pelo vale/Acharei conforto em Teu amor/Pois eu sei que és Aquele/Que me guarda, me guardas...

Para a cantora Mariana, neste tempo nebuloso e de distanciamento social para conter a disseminação do coronavírus, o momento é de reinventar, de levar leveza a tempos tão duros e de buscar novas formas de se conectar com o outro.

“A música é fundamental para esse momento de fragilidade, em que muitos procuram se reconectar com sua fé. Estamos vivendo um tempo de adaptação, um novo normal. O grande desafio é se adaptar ao novo tempo, nova rotina, com todos os cuidados”, revela.

Mariana e o esposo Rodrigo fazem parte de um ministério de evangelização que tem como objetivo levar conforto e paz para as pessoas através da palavra de Deus e da música, o Ministério Salva- Vidas. 

“Nesse trabalho temos a oportunidade de conhecer e nos relacionar com várias pessoas - alguns em estado terminal. Muitas vezes, saíamos para participar dessa missão, até chateados por uma situação do dia- a- dia. É quando nos deparamos com gente com problemas muito maiores do que o nosso. Isso nos leva a refletir ainda mais. São experiências incríveis que vamos carregar conosco, para o resto da vida”, diz Rodrigo.
 
SOBRE OS MÚSICOS
Rodrigo nasceu em uma família de músicos. O pai era violonista, guitarrista, os tios eram músicos também e as primas são musicistas. Uma delas, a cantora Débora Rosa, que seguiu na carreira artística profissionalmente e que é referência na cidade. 

“Em casa tinha uma referência musical. Como nasci nos anos 80, cresci ouvindo rock roll, como referência de meu pai. Ouvia muito Led Zeppeling, Pink Floyd e MPB, o Clube da Esquina, mas a paixão sempre foi a música mineira e também o grupo 14 Bis”, conta.

Já Mariana desde criança sempre gostou de cantar. Nasceu em um lar evangélico e desde pequena cantava na igreja. Todo ano, no Dia das Crianças, cantava em homenagem aos pequenos na escola estadual onde estudava, em Pirapora. “Participava de concursos de música ou festivais. Gostava de ouvir todo tipo de música, mas principalmente músicas infantis”, relembra.

A musicalidade da infância e da adolescência ficou marcada na alma, por isso, Rodrigo, ao lado da esposa, decidiu seguir carreira gospel. 

“Tive um encontro com Cristo e hoje seguimos essa vertente, em forma de adoração, a fim de tocar o coração das famílias. Neste ano, celebramos quatro anos de ministério. E neste tempo de pandemia, nada como acalmar a alma, não é? Semanalmente, em nossa rua, nos reunimos para esses momentos de louvor e oração com os vizinhos”. 

Para conhecer um pouco mais sobre os músicos, acompanhe:

Instagram: @marianareismoc
@RodrigoMendesmoc