Minas abraça o Norte atingido pelas chuvas

Empresas, instituições e a sociedade civil se mobilizaram rapidamente para socorrer as cidades mineiras fortemente atingidas pelas chuvas

Márcia Vieira
O NORTE
05/01/2022 às 00:43.
Atualizado em 05/01/2022 às 11:43
 (FIEMG/DIVULGAÇÃO)

(FIEMG/DIVULGAÇÃO)

A tragédia que se abateu sobre Salinas e outras cidades norte-mineiras assoladas pelas chuvas nos últimos dias teve uma resposta solidária imediata. As mobilizações foram rápidas e as doações chegam de todos os pontos do Estado.

Assim que as notícias das inundações em Salinas foram divulgadas, a Funorte iniciou uma campanha de arrecadação de objetos de higiene pessoal, roupas e alimentos não-perecíveis para enviar à cidade.

Mais de 30 caixas com roupas infantil e adulto, sapatos, cestas básicas, água e cobertor foram enviados para a cidade para serem distribuídos às famílias atingidas.

Segundo a secretária Municipal de Desenvolvimento Social, Adelane Gomes, a ajuda é fundamental para apoiar as pessoas atingidas pelas inundações. Ela ressalta que o município já tem quantidade de roupa suficiente para atender quem precisa. Neste momento, faz-se mais necessário o envio de cestas básicas e material de higiene e limpeza.

Adelane afirma que Salinas se tornou um centro de distribuição dos donativos. Como o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil Estadual ficam no município, é de lá que saem as doações para outras cidades da região também afetadas pelas chuvas, como Berizal, Indaiabira, Curral de Dentro, Rio Pardo e Rubelita.
 
FIEMG
Nesta segunda-feira (3), o Sistema Fiemg, por meio da Regional Norte – sediada em Montes Claros –, iniciou a entrega de 10 mil kits de alimentos. O material foi entregue no 10º Batalhão da PM e a distribuição fica a cargo da Defesa Civil.

Foram utilizados recursos próprios da instituição para a compra de 20 mil cestas básicas e 5 mil kits de higiene pessoal.

A Federação mobilizou indústrias para arrecadar recursos, que até esta segunda-feira já somam R$ 392 mil, além de 24 mil litros de leite doados pelo Sindicato da Indústria de Laticínios de Minas Gerais e 6 mil litros de leite da empresa Embaré/Camponesa.

Sensibilizado, o presidente da Fiemg, Flávio Roscoe, afirmou que decidiu fazer uma campanha com os associados para efetivar a compra dos produtos e direcioná-los aos municípios mais atingidos.

“E vamos trabalhar, agora, para captar um volume maior do que esse para que essas pessoas que perderam tudo, nesse momento, possam ser acolhidas pelo restante dos mineiros” disse Roscoe.
 
FIAT 
Mais doações chegam também por meio de mobilização da Fiat. A empresa está enviando cerca de 4 mil kits com cestas básicas e produtos de higiene pessoal e limpeza, além de cobertores e lençóis. “O socorro imediato é um alívio às populações atingidas. Ao solidarizar-se com os desabrigados, a Fiat comporta-se como uma empresa cidadã, comprometida com a comunidade em que está inserida”, disse Antonio Filosa, presidente da Stellantis para a América Latina.

Veja como ajudar
Para ajudar as quase 2 mil pessoas afetadas pelas chuvas, Salinas precisa de doações principalmente de alimentos não-perecíveis e materiais de higiene e limpeza.

Segundo a assessoria da prefeitura, 1.827 pessoas foram atingidas – 1.404 adultos e 97 crianças. Há também 11 gestantes, 302 idosos e 13 pessoas com deficiência. O número de famílias afetadas passa de 800 – 426 na zona urbana e 380 na zona rural. 

O município abriu uma conta bancária para receber doações em dinheiro. Todo valor arrecadado é convertido em itens para os atingidos pela chuva. Quem quiser ajudar, pode fazer a transferência para o PIX 24.359.333/0001-70, que é o CNPJ da prefeitura. Já as doações de material podem ser entregues na rua Joaquim José Pereira, 229, Centro de Salinas.

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por