Um homem de 60 anos foi preso na última quinta-feira acusado de estuprar as sobrinhas de 12 e 13 anos há pelo menos dois anos. As agressões aconteciam na residência do suspeito, no bairro São Geraldo, com o consentimento da mãe das meninas. Ela cobrava o valor de R$ 50 por ato sexual. A mulher também foi presa. 

A adolescente de 13 anos recentemente deu à luz uma criança fruto dos abusos. O homem foi encontrado em Gameleiras, zona rural de Montes Claros, em um local de difícil acesso. De acordo com as investigações, os estupros começaram quando as meninas tinham 10 e 11 anos. 

Os abusos eram consumados quando a mãe das adolescentes, que é sobrinha do suspeito, fazia a faxina na casa do agressor. “O tio mantinha relações sexuais com mãe e posteriormente com as meninas”, conta Jurandir Rodrigues, delegado responsável pelo caso. 

O crime foi denunciado pela irmã da mãe das meninas, após a adolescente mais velha dar à luz, no mês passado. Ainda de acordo com a Polícia Civil, mesmo grávida, a menina era violentada. 

O homem vai responder pelos crimes de estupro de vulnerável e exploração sexual de adolescentes, com pena de até 25 anos de prisão. Além desses crimes, a mãe ainda responde por corrupção de menores, com pena de até 30 anos.