A Polícia Militar prendeu ontem quatro homens suspeitos de matar Maria Geni Cardoso Gonzaga, de 62 anos. O crime aconteceu no dia 5 de março, em Montes Claros, no estabelecimento comercial de propriedade da vítima. 

Os suspeitos – os irmãos Jefferson Emílio Pereira, Felipe Stalone e o primo Weberton Guilherme Pereira– foram presos junto com Washington Douglas e apresentados à imprensa pelo capitão PM Bruno Gonçalves e o delegado Herivelton Santana Ruas, da Delegacia Anti-Drogas, atualmente respondendo pela Homicídios. Eles foram encaminhados ao Presídio Regional de Montes Claros.

No bairro Independência, na casa de Jefferson Emílio, onde os suspeitos foram detidos, a PM encontrou arma de fogo, munição e uma porção de droga. “Jefferson foi o mentor intelectual do latrocínio e quem conduziu o veículo”, informou o delegado Herivelton. Ele disse também que a arma utilizada era de propriedade de Weberton Pereira.