Preso homem de 31 anos suspeito de comandar o tráfico de drogas em Jaíba, no Norte de Minas. A prisão ocorreu durante operação “Crepitação”, da Polícia Civil, em parceria com a Polícia Militar, na quarta-feira.

A investigação para localizar Vandenilson Rodrigues de Souza, conhecido como Deninha, durou três meses. A polícia descobriu que o suspeito tinha planos de executar um policial na cidade. A prisão ocorreu em Jaíba, mas o mandato veio da comarca de Manga, município onde o autor cometeu diversos delitos, como tráfico de drogas e venda ilegal de armas. 

A Polícia Civil considera Deninha como o maior traficante em liberdade do Norte de Minas, que atuava livremente em Jaíba. O principal local de atuação do traficante era a região central e o bairro Veredas, com ramificação em Janaúba. 

De acordo a Polícia Civil, a influência do traficante era tão grande que ele ordenou que a rixa entre duas facções rivais da cidade fosse cessada, pois a briga afetaria os ‘negócios’. 

“Deninha se despontava como um dos principais receptadores de produtos e veículos roubados, além de assumir uma figura miliciana em Jaíba. Ele estava em busca de mais armamento e chegou a prometer aos seus comparsas que iria matar um policial para comprovar seu destemor à Justiça”, diz Bruno Fernandes, delegado de Janaúba. 

O delegado informa que autor não tinha receio em postar fotos nas redes sociais exibindo as armas. Deninha passou a ser monitorado no início deste ano, quando um taxista foi preso com 300 gramas de pasta base de cocaína, de Janaúba para Jaíba, e o suspeito confessou que entregaria o material para o suposto traficante.

Nós últimos meses, duas pessoas foram presas por tráfico e roubo. Disseram que os crimes seriam a mando de Deninha. Nas investigações, a polícia conseguiu um áudio em que ele determina maior agilidade na aquisição e entrega de fuzil, pistola e revólver.