Quatro homens, entre 20 e 30 anos, foram presos ontem em Montes Claros, suspeitos de integrar esquema de tráfico de drogas. Parte do grupo atuava de dentro do Presídio Regional e o foco do bando era o abastecimento dos bairros Santos Reis e Vila São Francisco de Assis. 

De acordo com as investigações, a maconha comercializada pelo grupo vinha do Paraguai e era comprada de um fornecedor em Ponta Porã (MS) que, por sua vez, enviava a encomenda para São Paulo, de onde um dos integrantes do bando retirava a carga para vender aos usuários de Montes Claros.

Diversas transações entre os suspeitos e fornecedores foram monitoradas pela Polícia Militar, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Uma das transações somou R$ 30 mil. Teria sido acertada a compra de 50 quilos da droga por R$ 600 cada quilo. O carregamento vinha de São Paulo de ônibus comercial, intermunicipal.
 
ATUAÇÃO 
As prisões dos suspeitos foram decorrentes da operação Conexão, realizada em parceria com o Ministério Público Estadual. O promotor de Justiça Flávio Márcio Lopes Pinheiro explicou que os alvos da operação possuíam passagens pela polícia e se dedicavam exclusivamente ao tráfico de substâncias entorpecentes, segundo a Polícia Militar. Dois homens continuam foragidos.

Foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão domiciliar contra seis pessoas.