Um homem de 49 anos foi preso em flagrante suspeito de pagar para estuprar uma menina de 11 em Salinas. O crime ocorreu nessa quarta-feira e foi denunciado por testemunhas que viram os dois em um matagal às margens da BR–251.

Segundo a Polícia Civil, esta não seria a primeira vez em que o homem abordou a criança. “Na semana passada, ele havia entregue à vítima R$ 5 para que ela comprasse doces e exibisse o corpo para ele”, detalhou o delegado responsável pelo caso, José Eduardo Santos.

Ontem, a criança contou à Polícia Militar que aceitou receber o dinheiro, R$ 10, e que houve relação sexual. Disse ainda que estava a caminho de casa quando foi abordada pelo suspeito. 

“Ele sempre esperava a vítima passar às margens da rodovia, que é caminho da casa dela. A menina relatou que o suspeito oferecia dinheiro e presentes”, disse o delegado.

A criança foi encaminhada ao Hospital Municipal de Salinas, acompanhada de representantes do Conselho Tutelar. Ainda de acordo com o delegado, os exames clínicos comprovaram que houve estupro. 

Para a polícia, o suspeito disse que havia dado dinheiro para a menina, mas negou a violência sexual. Mesmo assim, ele foi autuado por estupro de vulnerável, quando a vítima é menor de 14 anos ou incapaz de se defender.

Esta é a segunda vez em que a mesma menina é vítima de assédio sexual. No ano passado, ela quase foi aliciada pelas redes sociais. 

“Na época, os pais descobriram que um homem ofereceu R$ 50 para ter relações sexuais com a vítima”, contou o policial.