Uma quadrilha de traficantes foi desarticulada no bairro Morinhos, em uma ação do Ministério Público e da Polícia Militar, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Foram presos cinco homens que vendiam drogas, principalmente crack e maconha em plena luz do dia. 
 
A polícia cumpriu seis mandados de prisão preventiva. Segundo as investigações, os suspeitos não tinham outra renda, viviam à custa do tráfico. Cada membro tinha uma função dentro da quadrilha para que as vendas pudessem acontecer livremente no Morrinhos.
 
O monitoramento permitiu o acompanhamento de diversos movimentos dos traficantes nos becos, onde eram fornecidos crack e maconha aos usuários todos os dias. Além do crime de tráfico de drogas, os suspeitos estão sendo investigados por outros delitos, como roubo e homicídio. 
 
“O Gaeco reitera o compromisso de priorizar o combate ao tráfico drogas em Montes Claros e região, de modo que atuações pontuais, assim como operações de maior envergadura, continuarão sendo feitas rotineiramente em todo no Norte de Minas”, disse o promotor de Justiça e subcoordenador do Gaeco, Flávio Márcio Lopes Pinheiro.