Montes Claros lidera as mortes por câncer em Minas. Pesquisa do Observatório de Oncologia do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer, em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), mostra que 383 pessoas morreram com a doença em 2015 na cidade. É o maior número entre os outros 83 municípios mineiros que têm o câncer como a principal causa de morte, o que representa 10% das cidades em todo o Estado. O índice coloca Minas como o terceiro estado em que a doença faz mais vítimas no Brasil.

A cidade norte-mineira é a quarta no país com mais casos de mortes em decorrência da doença. A pesquisa alerta que o câncer avança ano após ano e, caso a trajetória seja mantida, em pouco mais de uma década as chamadas neoplasias serão responsáveis pela maioria dos óbitos no país.

Segundo especialistas, neste primeiro momento não há como definir as causas dos registros, mas os avanços nos processos de diagnóstico e notificação podem justificar esses números. Somente numa segunda etapa da pesquisa será possível identificar os tipos de câncer mais comuns em cada cidade.

Dos 516 municípios onde os tumores mais matam, 275 ficam no Sul, 140 no Sudeste, 48 no Nordeste, 34 no Centro-Oeste e 19 no Norte. Com base no Sistema de Informações de Mortalidade, a pesquisa identificou que a maioria dos óbitos por câncer ocorreu entre homens (57%). 

Seguindo a tendência, em 23 estados eles lideram o número absoluto de mortes. Em 21 municípios não houve registro de vítima do sexo feminino. Com relação à idade, metade dos óbitos se concentra entre 60 e 79 anos.