Com o objetivo de orientar os agentes de controle de endemias sobre o manejo ambiental e a implementação de ações de educação em saúde para o controle das leishmanioses visceral e tegumentar, a Regional de Saúde de Montes Claros iniciou a realização de encontro de capacitação de referências técnicas de 11 municípios.

Até amanhã, no auditório da Escola Técnica de Saúde da Unimontes, equipe do Núcleo de Vigilância Epidemiológica, Ambiental e de Saúde do Trabalhador da Regional de Saúde de Montes Claros vão orientar representantes das secretarias de saúde de municípios da microrregião de Montes Claros e Bocaiúva sobre as ações que devem ser implementadas para conter o avanço da doença.

Na área de abrangência da Regional de Saúde, o trabalho de capacitação envolve 53 municípios. Desde agosto já foram realizados encontros de capacitação nas regiões de saúde de Francisco Sá, Janaúba/Monte Azul e de Salinas/Taiobeiras. Já entre os dias 26 e 29 deste mês será realizado encontro de capacitação no município de Jequitaí, envolvendo técnicos dos municípios que integram a região de saúde de Coração de Jesus.

A coordenadora do Núcleo de Vigilância Epide-miológica, Ambiental e de Saúde do Trabalhador da Regional de Saúde de Montes Claros, Josianne Dias Gusmão destaca a importância da atualização do repasse de informações “O fundamental é orientar a população no sentido de evitar os locais onde o mosquito transmissor da doença tradicionalmente habita”, alerta.