O presidente do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), Leonardo de Melo Gadelha, virá ao Norte de Minas, na primeira para quinzena de setembro, inaugurar agência em São João da Ponte, a pedido da deputada Raquel Muniz.

O prédio onde irá funcionar a agência foi construído num terreno de 600 metros quadrados, com recursos do INSS – cerca de R$ 1 milhão –, e está pronto desde 2016, porém dependia da autorização do órgão para dar início às atividades.

“Fomos até a deputada Raquel Muniz e fizemos o pedido. Graças a ela, que tem trabalhado muito pelo região, em breve teremos a agência funcionando”, declara o vice-prefeito de São João da Ponte, Márcio Antônio Campos.

O gestor destaca que quatro ou cinco pessoas saem diariamente do município buscando atendimento em Montes Claros. “O deslocamento representa um gasto para a prefeitura, que em razão dos poucos recursos dos moradores acaba assumindo a responsabilidade com o transporte. A partir de agora poderemos entrar nos eixos”, diz.

ABRANGÊNCIA
Com a inauguração, a agência beneficiará cerca de 80 mil moradores, além de São João da Ponte, nas cidades de Ibiracatu, Varzelândia, Lontra e Japonvar.

O prefeito de Japonvar, Leonardo Durães, comemora a notícia. “Grande parte dos moradores precisa percorrer 100 km para chegar até Montes Claros, onde tem o atendimento mais próximo. Essa realidade, enfim, poderá ser alterada a partir da agência de São João da Ponte, que está bem mais próxima. É uma grande vitória”, disse.
 
ATENÇÃO
Para a deputada Raquel Muniz, a presença do presidente nacional do Instituto demonstra a importância que esta região tem para o governo. “A agência é uma necessidade da população e não poderíamos ficar alheios a isso. Toda uma região será atendida e isso representa comodidade e redução de gastos. São cidadãos de cinco municípios que não precisarão mais se deslocar a Montes Claros. Isso facilita a vida de quem precisa dos serviços do INSS”, declarou Raquel.

A vereadora de Montes Claros Néia do Criança Feliz diz que a nova agência vai desafogar o atendimento do INSS na maior cidade da região. “Essa medida, aliada à implantação do INSS digital, representa um ganho considerável para a população”, pontua a vereadora.