O ex-deputado estadual e ex-prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, anunciou na noite deste sábado, em sua rede social, a filiação ao Partido Social Democrático - PSD. Ruy aproveitou o momento para reforçar que é pré-candidato uma vaga para o Senado Federal por Minas Gerais.

Os prazos para que candidatos às eleições deste ano definissem o partido político e a janela partidária, período que os deputados possuem para trocar de partido, sem prejuízo de seu mandato, se encerravam neste sábado (7). De acordo com a Legislação, um dos critérios para se candidatar é ter filiação partidária de no mínimo, seis meses antes da data da eleição.

"O PSD é partido grande, sério e que possui os valores semelhantes aos meus e ao que desejo para o Minas Gerais e para o Brasil. O PSD é um partido que defende sempre a democracia, a liberdade de expressão, transparência da gestão pública, preservação do meio ambiente, dentre outros", disse Muniz na publicação.

Ainda na publicação, Ruy Muniz deixou claro que mantém boa relação com o antigo partido, o PSB.

"Continuo mantendo um bom relacionamento com os representes do meu antigo partido PSB, a quem quero agradecer o apoio e a convivência saudável. É uma mudança natural que sempre ocorre na política", afirmou.

A executiva nacional do partido é representada pelo Ministro de Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab. O Ministro esteve recentemente em visita a Montes Claros para o lançamento do Projeto Internet para Todos.

No PSD Ruy se junta a esposa, a deputada federal Raquel Muniz, além do deputado federal Diego Andrade, presidente estadual do PSD em MG.

"Saibam que estarei sempre lutando por Montes Claros, pelo Norte de Minas, por Minas Gerais e pelo Brasil. Sei que muitos estão desacreditados com a política, por diversos motivos, mas podemos mudar isso e já mostrei que podemos praticar a boa política e gerar frutos para a nossa população", finalizou.