A menos de seis meses para as eleições que decidirão o novo presidente, governadores, senadores e deputados federais e estaduais, milhares de eleitores mineiros ainda não regularizaram o título de eleitor. O prazo para tirar ou transferir o documento, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), termina no próximo dia 9.

Essa também é a data limite para alterar dados cadastrais e ficar apto a votar no pleito de 2018. O eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida também só tem o dia 9 para solicitar a transferência para uma seção com acessibilidade.

O prazo também é o limite para comparecimento dos eleitores que quiserem fazer o recadastramento biométrico, apesar de o procedimento ainda não ser obrigatório na maioria das cidades mineiras. Balanço do TRE aponta que somente 26% dos eleitores, o equivalente a 4.106.291, tiveram a biometria cadastrada.
 
JUSTIFICATIVA
Eleitores que ficaram três vezes sem votar ou se justificar também devem se apressar, pois o prazo para regularizar sua situação também é 9 de maio. A regularização do título só pode acontecer na cidade onde o eleitor vota ou pretende votar neste ano. 

Aqueles que já completaram 18 anos devem procurar um cartório eleitoral e tirar o título de eleitor. Quem tem 16 anos ou completará até a data do primeiro turno, no dia 7 de outubro, também pode tirar o título para votar neste ano.