POR OLIVEIRA JÚNIOR – A reforma pela qual a legislação eleitoral passou irá extinguir a reeleição para os cargos de presidente da República, governador e prefeito. Mas, para a eleição majoritária deste ano prevalece a regra anterior. Diante disso, a maior parte dos prefeitos optou em concorrer a novo mandato. É o caso dos atuais gestores públicos de Mato Verde e de Pai Pedro, na região da Serra Geral de Minas.
O prefeito Generino de Sales Pinto (PMDB) é candidato à reeleição em Mato Verde e tem a médica Sílvia Aparecida da Silveira (PSDB) como candidata a vice-prefeita. O fator saúde também é adotado pela oposição para equilibrar a disputa. O empresário Oscar Lisandro Teixeira (PRP), do setor de faculdade, é candidato a prefeito e forma chapa com o médico Djalma Antônio Silveira Freitas (PPS), candidato a vice-prefeito no município de Mato Verde.

PREFEITO CONTRA VEREADORES
Outro prefeito que tenta se manter no poder, com o segundo mandato consecutivo, é Eujácio Soledade Rodrigues (DEM), que desde 1º de janeiro de 2013 administra o município de Pai Pedro, emancipado de Porteirinha em 1995. E a disputa deste ano prevê o ‘duelo’ entre o prefeito e vereadores na eleição majoritária.

Eujácio Rodrigues é candidato à reeleição e repete a dobradinha com o vice-prefeito Noé Bispo de Oliveira (PMN). Pela oposição, são candidatos os vereadores Almerindo João de Carvalho (PSB), a prefeito, e Adjalma José de Lima, o Djalma de Teotônio (PR), a vice.