Morreu no início da tarde de ontem o prefeito de Buritizeiro, Anderson Braga, de 54 anos. Ele lutava há sete anos contra um câncer renal. O gestor estava afastado das atividades políticas desde o início de outubro para tratamento médico e faleceu no hospital de Montes Claros. 

Anderson Braga era filiado ao PSD e estava no seu primeiro mandato de prefeito. Ele substituiu o irmão, Warmillon Fonseca Braga, marido da atual prefeita de Pirapora, Marcela Braga. 

Anderson disputou as eleições já com o câncer e pediu licença de 30 dias para cuidar da saúde. Quando retornou aos trabalhos, solicitou mais uma semana. Durante esse período, foi internado no hospital Santa Casa em Montes Claros. Na última quarta-feira, teve uma piora no quadro e não resistiu.

Durante o afastamento do prefeito, o vice, Jorge Humberto Rodrigues (PMN), conhecido como Jorjão da Rádio, assumiu a chefia da Prefeitura de Buritizeiro. 

A cidade, às margens do rio São Francisco decretou luto oficial por três dias, assim como o município vizinho, Pirapora. O velório começou às 17h de ontem, na Câmara Municipal de Buritizeiro. O enterro será na cidade de Lagoas dos Patos. 

Anderson Braga era casado e disputou as eleições para prefeito de Buritizeiro três vezes, sendo eleito em 2016.