Em visita a Montes Claros e à Expomontes, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, recebeu uma pauta diversificada de reivindicações de representantes do setor. E se comprometeu a buscar caminhos para desburocratizar e melhorar a vida do produtor rural.

A convite da deputada federal Raquel Muniz (PSD), o ministro também conheceu o Hospital Veterinário Renato Andrade, da Funorte. 

“Venho a esta cidade a convite da deputada Raquel e estou aqui para conhecer o potencial da região, conversar com os produtores para entender as suas demandas, as suas dificuldades e, dentro do meu ministério, tentar resolver e desburocratizar a vida dos produtores”, ressaltou Maggi.

Dentre as demandas recebidas, a dificuldade de associados de uma cooperativa em liquidar dívidas. 

“Estamos com dificuldades financeiras, já pagamos muitas das nossas dívidas e um banco federal está se negando a nos enquadrar na Lei 13.340, que a gente tem direito. Entregamos ao ministro um documento e pedimos apoio à nossa solicitação”, disse o pecuarista Lúcio Amaral, representante da cooperativa.

O ministro destacou que, de imediato, vai interceder na situação. “Recebi essa informação de que o banco em questão não estaria conversando com os produtores e esta é uma das pautas em que podemos ajudar. Temos uma diretoria de crédito e uma vice-presidência que só cuida disso, com pessoas ligadas ao ministério. Vamos fazer esta interlocução”, assegurou.

Outra situação em que Maggi foi solicitado está relacionada ao movimento “Segurança no Campo”.

“Buscamos unicamente a estabilidade jurídica no campo. Estamos constantemente ameaçados por movimentos sociais que tentam comprometer e afrontar a propriedade privada”, pediu um dos líderes do movimento, o pecuarista João Damásio. 

Blairo Maggi pontuou que todos os pedidos serão analisados juntamente com os parlamentares e que as reivindicações são legítimas. 

“O produtor rural produz, precisa escoar essa produção e tem dificuldades para isso. Levo todos os pedidos, converso com os parlamentares e vejo aquilo que tem possibilidade de desburocratizar. A questão da agricultura é sempre prioritária e estamos trabalhando nessa direção”, disse o ministro.

O presidente da Sociedade Rural, José Luiz Maia, destacou o trabalho da deputada e a visita do ministro como ganhos para a causa rural. “É um marco para a região e principalmente para a nossa exposição. Acho que engrandece muito o evento e ele trouxe contribuições importantes para nós. Se tivéssemos mais deputados como a Raquel Muniz, o problema do Norte de Minas estaria resolvido”, destacou o presidente.

“Estamos orgulhosos com a presença dele aqui. Essa aproximação do governo com a região é uma oportunidade de mostrar o trabalho que é realizado e vamos prosseguir”

Raquel Muniz
Deputada federal