A luta da deputada Raquel Muniz (PSD) pela duplicação da BR-251 ganhou fôlego esta semana. A emenda de comissão que trata da duplicação da rodovia foi uma das duas escolhidas para pleitear a entrada no orçamento de 2019 da União. Para coroar a ação, a parlamentar traz a Montes Claros, no aniversário da cidade, o ministro dos Transportes, Valter Casimiro.

“Eram várias emendas para serem votadas, mas só havia vaga para duas e a minha emenda para a 251 foi escolhida. Foi uma vitória, porque agora se tornou emenda de bancada, segue para a Comissão Mista de Orçamento (CMO) e vamos fazer todo o trabalho para incluir no orçamento de 2019. Quando abri a Frente Parlamentar pela BR-251 há três anos, não imaginava participar da Comissão de Viação e Transportes. Hoje sou membro da comissão. Temos caminhado e as coisas vão convergindo para o bem. Já durmo tranquila, sabendo que todos os dias do meu mandato trabalhei por essa BR”, comemorou Raquel Muniz.
 
BALANÇA
A cidade de Francisco Sá, onde já houve a recuperação do trecho da rodovia pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), vai ganhar uma balança que permite a fiscalização de cargas dos veículos. A deputada avalia que, dessa forma, o número de acidentes tende a diminuir.

“A reparação feita por meio do Crema (contrato de recuperação e manutenção de rodovias) já trouxe mais segurança para os motoristas que circulam pela estrada. Agora nós conseguimos mais esse benefício, que também garante parte do recurso dessa fiscalização para o município”, acrescentou Raquel.

O prefeito de Francisco Sá, Mário Osvaldo Casasanta, afirma que o trabalho executado pelo Dnit foi de suma importância e está otimista.

“A balança certamente vai melhorar as condições do asfalto, porque hoje transitam pela rodovia muitos caminhões com até 50% de excesso de peso, o que causa muitos buracos e depressão na pista. Com a balança funcionando, a durabilidade será muito maior”, declara o prefeito.

A expectativa é a de que durante a visita, o ministro anuncie a extensão da recuperação do trecho da 251 para além de Grão Mogol, onde foi inicialmente programado. “Nós pedimos que chegue até Salinas”, disse Raquel.