O projeto CDBA Correios de Natação terá continuação, garantiu o presidente da empresa, Guilherme Campos. Ele, que integrou a comitiva do ministro Kassab em visita a Montes Claros, disse que, com as alterações dentro dos Correios, houve corte de patrocínio e o projeto em Montes Claros ficou ameaçado.

“A deputada Raquel Muniz externou sua preocupação e procurou o ministro, que acolheu prontamente o seu pedido. Ele encaminhou para os Correios e, graças a ela, vamos dar continuidade ao projeto, o que deixou a todos nós, 106 mil funcionários dos Correios, muito felizes”, afirmou Guilherme Campos.

Até 2016, o local utilizado para as aulas era a piscina da Praça de Esportes. Com o espaço desativado e abandonado, os alunos perderam o lugar. A partir daí, as aulas passaram a acontecer nas dependências do Exército.
 
CRIANÇAS
O projeto atende a mais de 200 crianças da rede pública de ensino. O transporte, uniformes e alimentação são custeados pelos Correios.

“Não queríamos retirar o projeto da praça, mas foi necessário, para não o perdermos. Tudo que precisávamos do município era uma piscina para treinar. Tenho que enxergar quando o ambiente não é saudável para as crianças. Lá foi um espaço adequado por muitos anos, mas não é mais. Em 2017, ficamos à mercê da administração e foi muito dolorosos ouvir de um diretor de esportes que o projeto não interessava à prefeitura”, disse Maristela Soares, coordenadora do CDBA. (MV)