Cerca de 5 mil pessoas têm até esta quarta-feira (09) para regularizar o título eleitoral em Montes Claros. O prazo foi definido pela Justiça Eleitoral. Na última terça-feira (08), no cartório que atende também a população de municípios vizinhos, formaram-se filas enormes durante toda a tarde.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deu cinco meses para que os eleitores colocassem o título em dia, mas, mesmo assim, muitos deixaram para a última hora. Caso da professora Maria Betânia de Figueiredo, que esperou 7 horas na fila para mudar de zona eleitoral. 

“Sei que deixei para o último dia, mas acredito que poderia ser mais bem organizado. Esperei muito e quando chegou minha vez o sistema travou e, por isso, terei que voltar na quarta-feira (hoje)”. 

Ana Clara Mendes, de 16 anos, saiu de Patis para tirar o título pela primeira vez. A estudante conta que deixou a burocracia para a última hora porque não tinha certeza se queria votar nestas eleições. “A prefeitura da minha cidade disponibilizou carros para trazer as pessoas que iriam tirar o título pela primeira vez”. 

Outro fator que contribuiu para as longas filas foi a falta de informação. Apenas quem precisa tirar o primeiro título e transferir o local de votação deve procurar o cartório eleitoral. 

Quem precisa tirar a segunda via do título de eleitor pode ir ao cartório qualquer dia, porque não há uma data limite para a reimpressão do documento. 

Nesta quarta-feira (09) é a última chance para atualizar ou emitir o título para votar em 2018. O 1º turno das eleições ocorre daqui a cinco meses, em 7 de outubro. Se nenhum dos candidatos a presidente ou governador tiver mais da metade dos votos válidos, haverá 2º turno em 28 de outubro.

O Cartório Eleitoral vai funcionar hoje, das 12 às 18h, na rua João Souto, 670, Centro. É preciso levar documento com foto, comprovante de endereço e de quitação com o serviço militar, no caso de homens com mais de 18 anos.